Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Estudantes de Chibok libertadas começarão universidade em setembro - Jornal Brasil em Folhas
Estudantes de Chibok libertadas começarão universidade em setembro


As 106 estudantes de Chibok libertadas nos últimos meses das mãos do grupo jihadista nigeriano Boko Haram começarão as aulas na universidade em setembro, anunciou nesta sexta-feira a ministra de Assuntos da Mulher da Nigéria.

As 106 meninas vão retomar a escola na Universidade Americana (de Yola, no nordeste) a partir de setembro, declarou Aisha Alhassan em um comunicado, detalhando que 24 delas já tinham começado as aulas.

Em uma coletiva de imprensa em Abuja, a ministra deu vários detalhes sobre a situação de algumas das jovens, que passaram cerca de três anos sequestradas pelo grupo jihadista.

Uma delas teve que fazer várias cirurgias na perna e agora usa uma prótese. Outra deu à luz quatro bebês durante o cativeiro, afirmou Alhassan.

As estudantes receberam um apoio psicológico muito importante, detalhou a ministra. Os problemas anteriores de lembranças, insônia e pesadelos agora estão controlados, acrescentou.

Um total de 276 meninas foram sequestradas em abril de 2014 em uma escola de Chibok (estado de Borno), o que gerou uma onda de indignação internacional.

Em maio, 82 meninas foram libertadas, ao final de uma série de negociações com os insurgentes islâmicos. Em outubro de 2016, 21 delas foram trocadas por prisioneiros. Outras três foram encontradas pelo exército e 57 conseguiram escapar no momento do sequestro.

Boko Haram, que significa a educação ocidental é um pecado, realiza campanha sanguinárias contra professoras e estudantes no nordeste da Nigéria, onde quer instalar seu Califado.

A organização extremista utiliza os sequestros em massa para recrutar, e já raptou dezenas de milhares de pessoas, que o exército nigeriano liberta à medida que vai avançando nos territórios ocupados pelos islamitas.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212