Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Escritório de investimentos ignora crise e bate R$ 2 bilhões em patrimônio - Jornal Brasil em Folhas
Escritório de investimentos ignora crise e bate R$ 2 bilhões em patrimônio


SÃO PAULO – A dificuldade de empresas em crescer em momentos de crise econômica costuma ser grande, mas existem algumas exceções à regra. No mercado financeiro, por exemplo, algumas empresas têm mostrado muita força e capacidade de desenvolvimento mesmo diante de incertezas econômicas e políticas.

A Messem Investimentos, escritório de investimentos credenciado à XP Investimentos, por exemplo, bateu a marca dos R$ 2 bilhões em dinheiro de clientes sob custódia neste mês. Apesar de levar nove anos para atingir o primeiro bilhão, o escritório dobrou seu patrimônio em um intervalo de apenas onze meses. “Nossa expansão tomou uma velocidade bem grande nos últimos 12 meses. Muito veio de nosso desenvolvimento e do fato de estarmos cada vez mais conhecidos no mercado”, contou Mauro Silveira, sócio da Messem, ao InfoMoney. Atualmente, a velocidade de captação, ou seja, a entrada de novos recursos é de R$ 100 milhões a R$ 120 milhões por mês.

De acordo com o executivo, um dos maiores desafios do setor financeiro em épocas de crise é respeitar o perfil do cliente na hora da alocação, escolhendo produtos adequados que mantenham a linha de expectativa dele. E essa, segundo ele, é uma das vantagens dos assessores de investimento. “Os gerentes dos bancos são muito generalistas, eles não estão focados em investimentos nem em entregar os produtos no perfil do cliente”, diz. “Já os assessores de investimentos acompanham mais de perto seus clientes, entregam produtos adequados e são mais ágeis para ajudar na tomada de decisões”.

Silveira explica que em cenários de queda de juros, como o atual, o investidor que não estiver atento pode perder dinheiro: “O investidor que não se movimenta para buscar outras alternativas acaba tendo uma rentabilidade bem inferior por estar alocado no mesmo produto”.

Felipe Scheffler, sócio da Messem, conta que as pessoas viam os bancos como o único lugar seguro para investir. “Esse paradigma não existe mais”, afirma. Segundo ele os investidores estão cada vez mais abertos a investir fora dos bancos. “Hoje uma corretora de investimentos é um lugar tão ou mais seguro que um banco. Além disso, o cliente reconhece o diferencial de ter uma assessoria especializada, focada em investimentos, que o ajuda na tomada de decisões e acompanha a sua carteira com muito mais regularidade do que acontece nos bancos”. E completa: “Quando o cliente desfruta disso ele reconhece que não precisa estar no banco para ter um produto de qualidade, seguro e com uma boa assessoria”.

Perfil do Investidor

A maior parcela de clientes da Messem é de perfil conservador, alocando em produtos de renda fixa. Com a queda dos juros, por outro lado, Scheffler explica que os clientes estão buscando produtos como fundos multimercado e renda variável com capital protegido, como o Certificado de Operações Estruturadas (COE). “Mesmo que o cliente seja conservador ele está sentindo uma necessidade de buscar outros tipos de ativos que não somente em renda fixa”.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212