Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 SpaceX envia supercomputador a estação espacial - Jornal Brasil em Folhas
SpaceX envia supercomputador a estação espacial


A empresa com sede na Califórnia, dirigida pelo empresário Elon Musk, tem um contrato de 1,6 bilhão de dólares da SpaceX com a Nasa para enviar suprimentos a astronautas que vivem na estação espacial

A empresa americana SpaceX lançou, nesta segunda-feira, sua cápsula de carga não tripulada Dragon para a Estação Espacial Internacional (ISS), levando uma série de experimentos científicos o mais potente computador já enviado para o espaço.

Três, dois, um, decolar, disse um comentarista da SpaceX quando o foguete branco Falcon 9 deixou a superfície terrestre no Cabo Cañaveral, na Flórida, às 13H31.

Três minutos após o lançamento, o foguete se separou, como previsto, com a primeira parte, grande e alta, conhecida como primeira etapa, e voltou à Terra, e a segunda etapa seguiu para sua viagem no espaço.

A primeira etapa do foguete acionou seus propulsores e suas aletas se apoiaram no solo de Cabo Cañaveral, numa aterrizagem vertical e controlada na Landing Zone 1.

X marca o lugar de outra aterrizagem perfeita, disse o comentarista da SpaceX.

A empresa com sede na Califórnia, dirigida pelo empresário Elon Musk, aterrizou con sucesso múltiplos foguetes em terras e plataformas marítimas, como parte de seu esforço contínuo para reutilizar os caros componentes das naves em vez de se desfazer deles no oceano.

Pouco depois, a SpaceX confirmou que o Dragon tinha chegado bem à órbita correta da Terra. Ele vai chegar à ISS na quarta-feira.

Essa é a 12ª missão de viagens de abastecimento de um contrato de 1,6 bilhão de dólares da SpaceX com a Nasa para enviar suprimentos a astronautas que vivem na estação espacial.

Dessa vez, a cápsula de carga transporta 2.900 quilos de suprimentos, inclusive o sofisticado supercomputador feito pela companhia americana Hewlett Packard Enterprise (HPE).

O objetivo é testar o computador durante um ano para ver se ele funciona nas duras condições do espaço, aproximadamente a mesma quantidade de tempo que os astronautas levariam para chegar a Marte.

Se sobreviver à intensa radiação espacial, esse computador poderia ajudar a tripulação a operar em missões de longa duração e a distâncias maiores.

A Nasa disse que espera enviar aos primeiros astronautas a Marte na década de 2030.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212