Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Flipelô começa e movimenta Pelourinho com homenagem a Jorge Amado - Jornal Brasil em Folhas
Flipelô começa e movimenta Pelourinho com homenagem a Jorge Amado


A terra de Jorge Amado já festeja a primeira edição da Festa Literária Internacional do Pelourinho, a Flipelô, em Salvador. O evento, cuja programação foi aberta hoje (10) ao público, homenageia o famoso escritor baiano e aniversariante do dia, além da escritora Zélia Gattai – esposa de Amado – e a poetisa baiana Myriam Fraga – amiga de ambos.

As pedras irregulares e os antigos casarões coloridos do Largo do Pelourinho, bairro que guarda parte da história do país e atrai turistas o ano inteiro, ganharam ainda mais vida com o misto de gente, sons, cultura e movimento da feira literária.

A Flipelô se fez ser notada e mostrou que já começou bem, atraindo muitos estudantes, professores, especialistas, artistas, escritores e público em geral. A diversidade dos participantes reflete a escolha dos nomes para a programação, com a presença notável de escritores e escritoras baianas, negras e negros, nacionais e internacionais.

“Jorge Amado foi um grande incentivador do povo negro, da cultura baiana, do povo da Bahia. E trazer escritores e essa temática em torno da problemática da diáspora africana é muito importante para esta edição da Flipelô”, comentou a atual diretora executiva da Fundação Casa de Jorge Amado, Ângela Fraga, filha da poeta Myriam Fraga, que ocupou o cargo durante quase 30 anos.

“A literatura merece e precisa desse destaque. Se a gente conseguir os patrocínios, incentivos e parcerias necessários, a ideia é levar a Flipelô para o próximo ano também. Por enquanto, estamos ainda ocupados com a realização desta, que acabou de começar”, disse Ângela.

Em frente à sede da Fundação Casa de Jorge Amado, no Largo do Pelourinho, o letreiro #FLIPELÔ era disputado por turistas e visitantes que fazem questão de registrar em fotos a presença na Festa Literária. O estudante Eleordano Soares, que está de passagem pela cidade para participar da Campus Party – que também acontece em Salvador -, fez questão de conhecer a Flipelô, sobretudo por estudar Ciências Sociais e entender a importância da literatura e da leitura.

“A gente veio conhecer o Pelourinho e me interessei muito pela programação da Flipelô. Talvez mais tarde eu volte para aproveitar alguma mesa de debates. Quando a gente fala em tecnologia e traz obras literárias de autores renomados, a gente liga o tecnológico e o cultural e pensa em como levar a tecnologia para a educação e trazer esses autores para o público. O livro e a leitura têm uma importância inegável na educação”, comentou o jovem de 23 anos, da cidade de Patos, interior da Paraíba.

Mesas redondas

As mesas redondas sobre temas ligados à cultura e literatura já estão acontecendo em alguns espaços dos casarões e instituições do Centro Histórico de Salvador. No Teatro do Sesc Senac do Pelourinho, por exemplo, a contação de histórias num anfiteatro ao ar livre atraiu várias dezenas de crianças e adolescentes. Do lado de dentro, diversos títulos estavam à mostra na livraria montada exclusivamente para a Flipelô.

“Eu gosto muito de ler poesias que rimam tudo. Eu procurei muito pelo [livro infantil] Um Pó de Crescimento e quero que minha mãe conte. Eu vou pegar os livros de Ilan Brenman e levar pra mim”, contou a pequena leitora Pietra, de seis anos, comemorando o encontro com o livro que vinha procurando há dias.

A mãe dela é a psicóloga Tarsila Leão, de 34 anos. Com o filho mais novo e recém-nascido nos braços, ela conta que o pequenino também vai crescer no ambiente dos livros.

“Sou psicóloga infantil e sei como é importante incentivar a leitura. Desde a gestação que eu leio muito para a Pietra. Sempre a incentivo e a levo em contações de história, porque é importante para ]desenvolver] o vocabulário, o crescimento e o desenvolvimento cognitivo. Eu e meu marido sempre mostramos a ela como é importante a leitura”, relatou Tarsila.

Intensa e mágica

Para completar a alegria de Pietra, o autor do livro que ela adquiriu na Flipelô estava no local, em uma sessão de autógrafos. Ilan Brenman é psicólogo e autor de livros infantis, tendo publicado mais de 50 títulos. Para ele, o retorno que as crianças trazem é sempre “uma novidade”, porque elas percebem algo que nem estava, intencionalmente, na história.

“Esse contato com a criança é fantástico. Quando a gente escreve não faz ideia que aqui, em Salvador, tem gente apaixonada pelas suas histórias. A Flipelô está intensa e [é uma coisa]mágica estar perto da Fundação Jorge Amado e de onde começou a cultura do Brasil. A história é a ferramenta mais poderosa de resistência de um povo. Contar, escutar e ler histórias é resistir”, destacou Brenam.

A Flipelô acontece até o próximo domingo (13), com atividades gratuitas para o público. Ao todo, são 220 convidados, em mais de 60 atividades, incluindo mesas de debates, seminários, exposições, peças teatrais e musicais, exibição de obras, filmes e fotografias. Veja aqui a programação e os nomes dos escritores e escritoras que fazem parte da Festa Literária Internacional do Pelourinho.

 

Últimas Notícias

Bolsonaro terá uma série de reuniões na próxima semana em Brasília
Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212