Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Após Justiça mineira liberar Uber, taxistas iniciam negociações com prefeitura - Jornal Brasil em Folhas
Após Justiça mineira liberar Uber, taxistas iniciam negociações com prefeitura


Após a Justiça liberar o funcionamento de aplicativos de transporte, como Uber, no estado, taxistas suspenderam manifestações contrárias à decisão judicial e iniciaram negociações com a prefeitura para regulamentação do transporte individual privado de passageiros.

O Sindicato dos Taxistas de Belo Horizonte (Sincavir) teve uma primeira reunião ontem (17) com o prefeito Alexandre Kalil e uma nova foi marcada para segunda-feira (21) prefeitura da capital mineira. Os taxistas vinham protestando nas ruas e fechando vias desde quarta-feira (16) após o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) ter autorizado o funcionamento do Uber, do Cabify e de aplicativos similares.

De acordo com Avelino Moreira, presidente do Sincavir, o prefeito se mostrou sensível às questões apresentadas pelos taxistas.

O sindicato avalia que a decisão do tribunal deixa espaço para uma regulamentação da atuação dos aplicativos pelo município. O momento agora é de participar das reuniões e, ao mesmo tempo, estamos acompanhando a tramitação no Congresso, em Brasília, dos projetos que dizem respeito a esse assunto e que podem definir normas para todo o país, disse Avelino.

A Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans), que é vinculada à prefeitura, também participou da reunião. Em nota, informou que foi apenas um primeiro encontro sobre o assunto. Representantes dos aplicativos também serão chamados pela prefeitura para discutir a situação.

A decisão de liberar os aplicativos similares ao Uber em todo o estado se deu durante uma análise do TJMG sobre a Lei Municipal 10.900/2016 aprovada pela Câmara dos Vereadores de Belo Horizonte e sancionada em janeiro do ano passado pelo então prefeito Márcio Lacerda. A legislação determinava que os aplicativos voltados para o transporte remunerado de passageiros usassem mão de obra de motoristas autorizados pela BHTrans. Na prática, a legislação estabelecia que os condutores do Uber e do Cabify deveriam ser taxistas credenciados. É o que fazem outros aplicativos, como o 99Taxis e o Easy Taxi.

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212