Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Justiça do Equador pedirá para vincular vice-presidente a caso Odebrecht - Jornal Brasil em Folhas
Justiça do Equador pedirá para vincular vice-presidente a caso Odebrecht


A Justiça do Equador pedirá a vinculação do vice-presidente, Jorge Glas, a uma investigação por associação criminosa no caso de corrupção da Odebrecht, anunciou nesta segunda-feira o procurador-geral, Carlos Baca.

A Procuradoria solicitará à Corte Nacional de Justiça que marque dia e hora para que seja realizada uma audiência de vinculação contra Glas, disse Baca em uma nota à imprensa em Quito. O pedido não significa uma denúncia nem uma acusação formal contra o funcionário.

Devido ao foro especial de Glas, a audiência só poderá acontecer com autorização prévia da Assembleia Nacional, apontou Baca.

A Constituição equatoriana indica que para se abrir um processo penal contra o vice-presidente é necessário o voto favorável de dois terços (92 dos 137 deputados) do Congresso, cuja maioria é governista, mas que está dividida por uma disputa entre o presidente Lenín Moreno e seu antecessor, Rafael Correa.

O procurador-geral acrescentou que o pedido de vinculação se sustenta nos elementos de convicção recolhidos na instrução pelo delito de associação criminosa no caso da entrega de milionários subornos a funcionários equatorianos por parte da construtora brasileira.

Pouco depois do anúncio do procurador-geral, o presidente da Assembleia Nacional, José Serrano, escreveu em sua conta do Twitter que assim que for apresentada na Assembleia (o pedido de audiência) será processada.

Glas, que desde 2007 foi responsável por setores estratégicos do Equador e a partir de 2013 se tornou vice-presidente, nega as acusações que o relacionam ao caso Odebrecht. As investigações sobre a rede de corrupção da construtora deixaram uma dezena de detidos no Equador, entre eles um tio de Glas e um ex-ministro de Eletricidade do governo de Correa.

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212