Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 OMS precisa de US$ 56 milhões para combater o zika - Jornal Brasil em Folhas
OMS precisa de US$ 56 milhões para combater o zika


A Organização Mundial da Saúde (OMS), que coordena a resposta ao vírus zika, divulgou nesta quarta-feira, em Genebra, um apelo para a arrecadação de 56 milhões de dólares para financiar suas operações e os seus parceiros.

A propagação deste vírus, descoberto pela primeira vez em Uganda em 1947, tornou-se uma preocupação global, porque o zika é suspeito de causar distúrbios neurológicos graves como microcefalia em recém-nascidos e síndrome de Guillain-Barré.

Destes 56 milhões, 25 milhões são para financiar ações da OMS e seus escritórios regionais no continente americano. Os restantes 31 milhões são para alimentar as atividades dos parceiros da organização.

Um fundo de emergência estabelecido recentemente ajudou a lançar as primeiras operações.

O quadro anunciado nesta quarta-feira abrange o período de janeiro a junho.

Ele deve permitir monitorar o vírus zika, melhorar o controle do mosquito transmissor, comunicar eficazmente sobre os riscos e medidas de proteção, assegurar o acesso médico aos infectados e acelerar a produção de vacinas, diagnósticos e tratamentos.

Após as críticas à gestão da resposta ao Ebola, a OMS lançou um programa de emergência que incorpora um sistema de gestão de crises.

No início de fevereiro, a agência da ONU havia decretado uma emergência de saúde pública de alcance global para o zika e sua suposta ligação com um aumento nos casos de microcefalia e síndrome de Guillain-Barré em oito países.

Mais de 4.000 casos suspeitos de microcefalia foram relatados até à data, dos quais mais de 400 foram confirmados em conexão com o vírus.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212