Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Outra tempestade atinge Hong Kong e Macau após tufão que deixou 18 vítimas - Jornal Brasil em Folhas
Outra tempestade atinge Hong Kong e Macau após tufão que deixou 18 vítimas


Uma segunda tempestade atingiu Hong Kong e Macao neste domingo, poucos dias depois que o potente tufão Hato arrasou a região sul da China e deixou 18 mortos.

As duas cidades elevaram o grau de alerta para oito ante a chegada da tempestade tropical Pakhar, em um momento em que os serviços de emergência ainda tentam reparar os danos de Hato.

A companhia aérea de bandeira de Hong Kong Cathay Pacific e a companhia Cathay Dragon cancelaram 50 voos neste domingo e deverá haver mais atrasos e cancelamentos.

Com um nível de alerta 8, a bolsa de valores e as escolas permanecem fechadas.

Pakhar, batizado em homenagem a um peixe de água doce originário do rio ekong, tocou tem terra quando a região mal se recuperava da passagem do tufão Hato.

Dezesseis pessoas morreram em Macau e no sul da China com a passagem de Hato, que também varreu o território chinês de Hong Kong, onde provocou um rastro de destruição.

Na ex-colônia portuguesa, a passagem do tufão, provocou oito mortes e grandes inundações.

Na vizinha província de Guangdong, no sul da China, o tufão deixou ao menos quatro mortos e cerca de 27 mil desabrigados, que estão em refúgios temporários, revelou a agência oficial Xinhua.

Em Macau, oito pessoas morreram e uma delas foi vitimada pelo desabamento de um muro, enquanto outra caiu do quarto andar de um prédio e uma terceira, um turista chinês, foi atropelada por um caminhão.

A energia elétrica foi cortada em vários pontos de Macau e as autoridades se viram obrigadas a limitar o fornecimento de água potável.

Em Hong Kong, o tufão Hato também provocou estragos, deixando 120 feridos e mais de 300 desabrigados.

Ondas gigantes foram registradas e vários bairros ficaram inundados.

As rajadas de vento chegaram a 207 km/h e derrubaram janelas e vitrines, assim como árvores.

Hong Kong é afetado com frequência por tufões entre julho e outubro, mas um impacto direto como o provocado pelo Hato é incomum.

Em 1962, o tufão Wanda, com ventos de 284 km/h, atou 130 pessoas e deixou 72.000 desabrigados.

 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio promove caminhonetadas em várias regiões de Aparecida
Dia da Árvore: desmatamento vem caindo, mas ainda há desafios
Brincar com os quatro elementos da natureza ajuda a criança a se desenvolver melhor
Meninas que praticam esportes, cuidado com a alimentação!
Indústria paulista fecha 2,5 mil postos de trabalho em agosto
Aneel descarta revisão de bandeira tarifária em conta de luz
BNDES: empréstimos para Cuba e Venezuela não deveriam ter sido feitos
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212