Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo venezuelano fechou 49 veículos em 2017, denuncia imprensa - Jornal Brasil em Folhas
Governo venezuelano fechou 49 veículos em 2017, denuncia imprensa


Pelo menos 49 veículos de comunicação foram fechados pelo governo da Venezuela em 2017 - denunciou neste sábado (26) o principal sindicato de jornalistas do país durante um protesto contra o fechamento de duas emblemáticas emissoras de rádio.

"Registramos o fechamento de 49 veículos de comunicação, a maioria emissoras de rádio, incluindo canais de televisão por assinatura como os casos da RCN e da Caracol", declarou o secretário-geral do Sindicato Nacional de Trabalhadores da Imprensa (SNTP, na sigla em espanhol), Marco Ruiz.

Um grupo de jornalistas protestou em Caracas contra a decisão da Comissão Nacional de Comunicações (Conatel) de tirar do ar as emissoras caraquenhas 92.9 FM e Mágica 91.1 FM, com quase 30 anos de história.

Segundo Ruiz, o governo de Nicolás Maduro promove "uma política sistemática de encurralamento e asfixia de espaços para o exercício da livre-expressão, o exercício da crítica e o exercício da dissidência".

Para o SNTP, a medida é "arbitrária e violadora do devido processo".

"Vamos para uma escalada muito mais avançada em relação ao controle da opinião", advertiu a secretária-geral do Colégio Nacional de Jornalistas (CNP), Delvalle Canelón.

Na quarta-feira (23), por disposição da Conatel, os canais colombianos Caracol e RCN foram excluídos da grade de programação das operadoras de televisão por assinatura no país.

Em fevereiro, o governo já havia cancelado o sinal da CNN em Espanhol e, em abril, do canal colombiano El Tiempo e do argentino Todo Noticias.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212