Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Proteste consegue liminar contra “prática abusiva” do Santander - Jornal Brasil em Folhas
Proteste consegue liminar contra “prática abusiva” do Santander


SÃO PAULO – A Proteste obteve uma liminar contra o cartão Santander Free, por descumprimento de oferta, após ter mobilizado centenas de clientes do cartão em junho de 2016. Os consumidores afirmam ter sido surpreendidos por prática abusiva de alteração unilateral das regras para utilização do cartão.

O pagamento da anuidade levou ao descontentamento dos clientes. Inicialmente, para que pudessem ficar livres da anuidade, era preciso usar o cartão na função crédito todo mês.

“Depois de propagar a promoção, fazendo com que muitos consumidores se interessassem pelos benefícios do produto oferecido, passou a ser exigido, como condição para a isenção da anuidade, o acúmulo de, no mínimo, R$ 100 em compras no crédito, a cada fatura mensal”, explica a Proteste.

Dessa forma, todo mês em que não houvesse esse gasto no cartão, haveria uma cobrança de valor proporcional à anuidade, que totalizava aproximadamente R$ 270.

Na avaliação da entidade, essa prática do Santander é “um grave desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor, pois não cumpre o que é prometido na oferta, contrariando o próprio nome do cartão: ‘free”. Para a entidade, a postura do banco configura “publicidade enganosa”.

Por essa razão, a Proteste entrou com uma ação coletiva pedindo a manutenção da gratuidade da anuidade para quem é cliente antigo e a impossibilidade de comercialização do cartão para novos consumidores.

Diante disso, a justiça concedeu uma liminar que proíbe o Banco Santander de cobrar anuidade dos consumidores que já possuem o cartão Santander Free, sob pena de multa diária de R$ 50 mil.

O banco também está proibido de comercializar o cartão no mercado, ou seja, não pode haver novas contratações do cartão.

Contatado pelo InfoMoney, o Santander não se pronunciou sobre o caso até o momento.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212