Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Líder do Parlamento saúda que Macron chame governo de Maduro de ditadura - Jornal Brasil em Folhas
Líder do Parlamento saúda que Macron chame governo de Maduro de ditadura


O líder do Parlamento da Venezuela (de maioria opositora), Julio Borges, considerou nesta terça-feira que a qualificação de ditadura dada pelo presidente francês, Emmanuel Macron, ao governo de Nicolás Maduro mostra que a comunidade internacional apoia uma mudança no país sul-americano.

O mundo inteiro quer uma mudança: hoje o presidente da França, o senhor Macron, disse que na Venezuela não há democracia, que na Venezuela há uma ditadura, declarou em coletiva Borges, que vinculou as palavras de Macron com o repúdio à Assembleia Constituinte impulsionada por Maduro e que rege o país como um poder absoluto.

O Vaticano, a União Europeia e toda a América Latina não apenas condenam a Constituinte, mas dizem claramente que não reconhecem a Constituinte, acrescentou.

Macron, em seu primeiro discurso sobre política externa a embaixadores franceses, qualificou o governo de Maduro como uma ditadura que tenta se perpetuar a um preço humanitário sem precedentes e radicalizações ideológicas preocupantes.

Borges é acusado por Maduro e funcionários de alto escalão do governo de promover sanções dos Estados Unidos contra a Venezuela, depois que na sexta-feira um decreto da administração de Donald Trump proibiu negociar a dívida emitida pela Venezuela e sua petroleira estatal PDVSA.

Nesse mesmo dia, Maduro, que denuncia a medida como um bloqueio financeiro, pediu a abertura de um julgamento por traição à pátria contra Borges e outros líderes opositores, por viagens que fizeram ao exterior em busca de apoio.

Mas o único culpado [pelas sanções] está em frente ao espelho de Nicolás Maduro, expressou o líder do Legislativo.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212