Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Rússia afirma que manobras perto da UE são puramente defensivas - Jornal Brasil em Folhas
Rússia afirma que manobras perto da UE são puramente defensivas


A Rússia tentou nesta terça-feira tranquilizar a Otan, dizendo que os exercícios militares conjuntos com Belarus agendados para setembro às portas da União Europeia (UE) serão puramente defensivos, e não direcionados a nenhum país em particular.

Os exercícios Zapad-2017 têm um alcance (sobretudo) antiterrorista e um caráter puramente defensivo, declarou o vice-ministro da Defesa, Alexandre Fomine.

O vice-ministro denunciou a imprensa e os países ocidentais por fazer circular mitos sobre a chamada ameaça russa com a aproximação dessas manobras, previstas para entre 14 e 20 de setembro.

Alguns chegaram a afirmar que os exercícios serviriam de base para a invasão e ocupação da Lituânia, Polônia ou Ucrânia, afirmou.

De acordo com o roteiro dessas manobras, explicado pelo ministério da Defesa da Rússia, o exército lutará contra grupos extremistas que se infiltraram na Bielorrússia e no enclave russo na Europa de Kaliningrado, com o objetivo de organizar atos terroristas e desestabilizar os dois países.

O inimigo é imaginário, não tem nada a ver com a região onde vão acontecer as manobras, garantiu Fomine.

Seu homólogo bielorrusso, o general Oleg Belokonev, apontou, no entanto, que o manual das manobras indica que as tentativas de desestabilização provêm de uma coalizão de países situados a oeste (...) onde se localizam Polônia, Lituânia e a Letônia.

Cerca de 12.700 soldados, 7.200 bielorrussos e 5.500 russos, participarão oficialmente desses exercícios conjuntos, de acordo com Moscou.

Cerca de 70 aeronaves e helicópteros, 250 tanques, 200 peças de artilharia e dez navios de guerra também participarão dessas manobras, de acordo com o ministério da Defesa de Moscou.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212