Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Em fórum empresarial na China, Temer diz que não há espaço para improvisos - Jornal Brasil em Folhas
Em fórum empresarial na China, Temer diz que não há espaço para improvisos


Em discurso no Fórum Empresarial do Brics (grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), o presidente Michel Temer disse hoje (3), em Xiamen, que no mundo atual “não há espaço para improvisação”. “Quem deseja prosperar tem que fazer a lição de casa, tem que se antecipar ao futuro”, afirmou a uma plateia de empresários.

Ele voltou a citar a agenda de reformas para “pôr em ordem as contas públicas” e melhorar o ambiente de negócios no Brasil como exemplos de modernização econômica com o objetivo de criar as condições para o crescimento sustentado de longo prazo. “O setor privado tem sido parceiro de primeira hora nessa injeção de vitalidade que temos aplicado no Brasil”.

Temer reiterou que o país está aberto a novos investimentos. “É um momento de otimismo, de retomada da economia, de multiplicação de oportunidades de negócios”, disse. “Em um mundo marcado por tendências protecionistas, o Brasil reafirma, por palavras e ações, sua adesão a uma economia global aberta. Este é o momento certíssimo para investir no Brasil”.

Em seu quarto dia de viagens à China, Temer voltou a apresentar os projetos de investimento no Brasil, principalmente o pacote de concessões e privatizações de aeroportos, portos, rodovias e linhas de transmissão recém-lançado pelo governo.

Na abertura do fórum, o presidente chinês, Xi Jinping, lembrou que o mundo ainda não se recuperou totalmente da crise financeira de 2008 e que os países do Brics têm papel fundamental na retomada da economia global. Ele destacou a necessidade de coordenação das políticas macroeconômicas e a integração dos mercados intra-Brics. “O protecionismo está em ascensão”, disse. “Para a estabilidade mundial, devemos promover uma economia mais aberta e a facilitação do comércio”. E acrescentou: “O governo chinês vai encorajar suas empresas a investir em outros países”.

Segundo a organização, o fórum empresarial é uma plataforma para a comunidade empresarial dos países do Brics discutir temas da agenda global e promover cooperação nas áreas econômica e comercial entre os mercados emergentes.

Amanhã (4), os chefes de Estado e de Governo se reúnem na 9ª cúpula do bloco. Na terça-feira (5), os líderes dos cinco países participam do Diálogo de Economias Emergentes e Países em Desenvolvimento. O embarque de volta para o Brasil de Temer está previsto para esse mesmo dia.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212