Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 J&F vende empresa de celulose Eldorado para holandesa por R$ 15 bilhões - Jornal Brasil em Folhas
J&F vende empresa de celulose Eldorado para holandesa por R$ 15 bilhões


Alvo da Operação Lava Jato, após suspeitas de ter seus ativos superavaliados no mercado financeiro, a empresa Eldorado Celulose, que pertencia ao grupo J&F, foi vendida neste sábado (2) ao grupo holandês Paper Excellence. A conclusão das negociações foi anunciada hoje, após assinatura do contrato de compra e venda que prevê a transferência de todas as ações da empresa pelo valor de R$ 15 bilhões.

De acordo com comunicado conjunto, as empresas vão finalizar a operação nos próximos 12 meses. Sediada na Holanda e com fábricas de celulose também no Canadá e na França, a Paper Excellence produz 2,3 milhões de toneladas de celulose por ano e tem a intenção de se tornar um dos gigantes da indústria em nível mundial. Já a Eldorado produz cerca de 1,7 milhão de toneladas de celulose de eucalipto por ano.

Controladora de grupos como os frigoríficos da empresa JBS, a holding J&F Investimentos teve seu acordo de leniência homologado pelo Ministério Público Federal (MPF), no qual terá que pagar R$ 10 bilhões de multa pelo esquema de corrupção envolvendo o pagamento de propina a agentes públicos. Desde que a delação premiada de executivos da companhia veio à tona, o grupo está se desfazendo de empresas no Brasil e no exterior, como as filiais que operam no mercado de carnes em países sul-americanos .

Em julho do ano passado, a Eldorado foi alvo da operação Sépsis, um dos braços da Lava Jato. Na ocasião, os policiais federais vasculharam o escritório da empresa na Marginal Tietê, em São Paulo. De acordo com os investigadores do MPF, a empresa FIP Florestal obteve investimentos ilicitamente antes de se fundir com a Eldorado, cujos sócios majoritários passaram a obter financiamentos e empréstimos na Caixa Econômica Federal.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212