Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Iluminação sustentável chega para a comunidade Kalunga de Cavalcante - Jornal Brasil em Folhas
Iluminação sustentável chega para a comunidade Kalunga de Cavalcante


Com parceria da Agência Goiana de Habitação (Agehab), a Organização Não-Governamental Litro de Luz realiza deste domingo, dia 3, ao dia 10, uma ação para iluminar ruas e moradias de 70 famílias da Comunidade Kalunga de Cavalcante, que fica no Vão do Prata. A comunidade foi vítima de uma enchente do Rio do Prata no ano passado e teve 27 moradias reconstruídas pelo Governo de Goiás, por meio da Agehab, com recursos do Cheque Mais Moradia.

Integrantes da maior comunidade Quilombola do Brasil, as 70 famílias Kalunga vivem em áreas isoladas num raio de 900 quilômetros, com distância média de 30 quilômetros umas das outras.

A Agehab firmou parceria com a Litros de Luz para promover melhorias na comunidade de forma sustentável. Desde 2016, a Agência vinha atuando na região para reconstrução de 27 unidades habitacionais, além da entrega de cerca de 200 Cheques Mais Moradia, modalidade reforma, para recuperação de habitações danificadas pela enchente. O apoio à comunidade, em diversas áreas, foi determinado pelo governador Marconi Perillo logo após a enchente. Equipe de engenheiros, arquitetos e assistentes sociais da Agehab tem feito visitas sistemáticas à comunidade para melhorar as condições de moradia das famílias.

Foto Sérgio Willian (105)Litros de Luz
A Litros de Luz é uma organização que atua com iluminação sustentável para comunidades carentes, com intervenções nas residências e em áreas públicas. A equipe da Agehab acompanha a ação para dar suporte ao grupo de voluntários da ONG na instalação dos postes. A Litros de Luz irá implantar postes solares fotovoltaicos nas áreas próximas às casas e doar aos moradores lampiões fáceis de transportar para iluminação de ambientes internos.

“No ano passado, uma enchente deixou diversos moradores desabrigados na região. Algumas famílias tiveram as suas moradias devastadas pelas águas e receberam casas populares da Agehab, que nos convidou para iluminá-las e é nossa parceira nessa ação”, explica Bruna Raeder, líder do Litro de Luz em Brasília e região.

O presidente da Agehab, Luiz Stival, destaca o trabalho de reconhecimento internacional da Litro de Luz para promover soluções ecológicas e economicamente sustentáveis para as comunidades assistidas. “Estamos atuando numa comunidade isolada, de difícil acesso, onde é muito complicado a implantação de infraestrutura convencional. Precisamos dessas soluções ecológicas e sustentáveis que melhorem a vida da comunidade, sem descaracterizar a cultura e o modo de vida dessas famílias”, frisa Stival.

Outro aspecto importante do trabalho da Litro de Luz é que as soluções são construídas em conjunto pelos voluntários do projeto e moradores, que aprendem todo o processo, da montagem e instalação à manutenção dos postes e lampiões. São utilizadas garrafas plásticas, painéis solares e lâmpadas de led para soluções de iluminação.

Segundo representantes da ONG, recentemente a Litro de Luz realizou sua maior ação em sete comunidades ribeirinhas da região de Caapiranga, a 145 quilômetros de Manaus, com instalação de 100 postes e entrega de 100 lampiões. Também iniciou projetos de iluminação em Campina Grande, na Paraíba, e tem ações programas para Manaus, Rio de Janeiro, Florianópolis e São Paulo. No Brasil desde 2014, já beneficiou mais de 5 mil pessoas com soluções ecológicas e de iluminação sustentáveis. A Litros de Luz está presente em 21 países com cerca de 30 mil voluntários.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212