Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Justiça europeia revê multa milionária imposta por Bruxelas à Intel - Jornal Brasil em Folhas
Justiça europeia revê multa milionária imposta por Bruxelas à Intel


O Tribunal de Justiça da União Europeia (UE) determinou o reexame do recurso apresentado pela fabricante de microprocessadores americana Intel contra a multa de 1,06 bilhão de euros imposta em 2009 pela Comissão Europeia por abuso de posição dominante.

Em nota divulgada nesta quarta-feira (6), informa-se que o Tribunal de Justiça anula a sentença do Tribunal Geral, órgão de primeira instância que deverá avaliar as alegações apresentadas pela Intel.

Com o controle de pelo menos 70% do mercado de processadores x86 no bloco europeu, a Intel foi acusada de abusar de sua posição dominante entre 2002 e 2007, ao implementar uma estratégia destinada a excluir do mercado seu único real concorrente, a empresa AMD.

O abuso - alega a Comissão - consistia em aplicar descontos destinados aos fabricantes de computadores como Dell, Lenovo, HP e NEC para que comprassem com a Intel quase toda sua demanda de processadores. A Intel também foi acusada de ter pagado a seus clientes para que atrasassem, ou anulassem, o lançamento de produtos equipados com processadores AMD.

Em 2014, o Tribunal Geral da UE confirmou a decisão da Comissão de impor a milionária sanção. A empresa americana decidiu, então, recorrer à alta instância, por considerar que o juiz de primeira não levou em consideração a totalidade das circunstâncias do caso.

O TJUE decide devolver o caso ao Tribunal Geral para que examine, à luz das alegações formuladas pela Intel, a capacidade dos polêmicos descontos de restringir a concorrência, acrescenta a nota.

A devolução do caso para nova análise não exclui que a decisão previamente anunciada seja reconfirmada.

A multa à Intel era a maior já imposta pelo Executivo comunitário por abuso de posição dominante até junho passado, quando a Comissão puniu o Google em 2,424 bilhões de euros por favorecer seu comparador de preços em seu sistema de busca on-line.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212