Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Irma se transforma em furacão de categoria 5 rumo às Pequenas Antilhas - Jornal Brasil em Folhas
Irma se transforma em furacão de categoria 5 rumo às Pequenas Antilhas


O furacão Irma chegou nesta terça-feira à categoria 5, a maior na escala de intensidade Saffir-Simpson, enquanto continua seu deslocamento rumo às Pequenas Antilhas, no Caribe, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

O extremamente perigoso furacão Irma, o quarto da temporada de furacões no Atlântico, apresenta ventos máximos de 280 km/h e se encontra a 440 quilômetros ao leste de Antigua e a 445 quilômetros ao sudeste de Barbuda, nas Pequenas Antilhas.

O ciclone se desloca rumo ao oeste com uma velocidade de translação de 22 km/h, indicou o NHC em um boletim especial.

Espera-se que mantenha esta trajetória até a noite desta terça-feira, quando deve seguir em direção ao noroeste e passar perto ou sobre partes do norte das Pequenas Antilhas ainda hoje ou na madrugada de quarta-feira.

O governo de Barbados emitiu um aviso de tempestade tropical para Dominica e há um aviso de furacão para as ilhas de Antigua, Barbuda, Anguilla, Montserrat, São Cristóvão e Nevis; bem como para as ilhas de Saba, Santo Eustáquio, São Martinho, São Bartolomeu, Ilhas Virgens Britânicas, Ilhas Virgens Americanas, Porto Rico, Vieques e Culebra.

Também está em vigor uma vigilância de furacão para Guadalupe e Dominica.

O ciclone passou na manhã da última quinta-feira diretamente de tempestade tropical para furacão de categoria 2 e rapidamente se transformou em um furacão maior, ao subir para a categoria 3 na escala de intensidade de Saffir-Simpson, que vai até 5.

A primeira tempestade tropical de 2017 foi Arlene, que se formou em abril no Atlântico, mais de um mês antes do começo da temporada de furacões.

Depois vieram Bret, Cindy, Don, Emily e Franklin, que se tornou o primeiro furacão da temporada. Em seguida, Gert, o segundo furacão, Harvey, que alcançou a categoria 4, e agora Irma, que chegou à categoria 5. EFE

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212