Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Oct de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 EUA questiona plano antidrogas da Colômbia por envolver Farc - Jornal Brasil em Folhas
EUA questiona plano antidrogas da Colômbia por envolver Farc


Os Estados Unidos questionaram nesta terça-feira o plano antidrogas da Colômbia por envolver a ex-guerrilha das Farc, e pediram ao governo colombiano para garantir que o pacto de paz com os rebeldes não seja usado por narcotraficantes para evitar a extradição.

William Brownfield, responsável pela luta antinarcóticos no Departamento de Estado americano, fez estas afirmações ao expressar a profunda e crescente preocupação do governo de Donald Trump pelo aumento na Colômbia do cultivo de coca, base da cocaína.

Os Estados Unidos não apoiam atualmente o programa de erradicação voluntária e substituição de cultivos do governo colombiano porque as Farc estão envolvidas em alguns aspectos do programa, disse Brownfield.

E (as Farc) continuam sendo designadas como Organização Terrorista Estrangeira (FTO em inglês) em várias leis e regimes de sanções americanas, acrescentou, durante uma audiência no Senado sobre os esforços americanos contra o narcotráfico na Colômbia.

As Farc, que até completar seu desarmamento - em meados de agosto - eram o maior grupo rebelde da América, admitiram ter usado o narcotráfico como fonte de financiamento para a conflagração. Mas no acordo histórico assinado em novembro passado para pôr fim a meio século de conflito armado se comprometeram a ajudar o Estado a combater o tráfico de drogas.

Brownfield lamentou que entre 2013 e 2016, quando o acordo de paz era negociado - apoiado por Washington-, o cultivo de coca na Colômbia aumentou mais de 130%, passando de 80.500 hectares em 2013 para 188.000 hectares em 2016.

Depois de anos de progresso na luta contra o cultivo de coca e a produção de cocaína, a Colômbia é mais uma vez o maior produtor mundial de cocaína e, origem de aproximadamente 92% da cocaína apreendida nos Estados Unidos, disse.

As Farc são o principal facilitador da atual situação de narcóticos na Colômbia, disse o diplomata, grande conhecedor desse país, onde foi embaixador entre 2007 e 2010.

 

Últimas Notícias

Após três quedas seguidas, dólar sobe e fecha o dia em R$ 3,72
Renan Filho: acordo para vender a Ceal depende de União quitar débitos
Riqueza das famílias brasileiras encolheu US$ 380 bilhões
Eletrobras deve liquidar Amazonas Energia, caso leilão fracasse
Dólar abre em queda de 0,52%, cotado a R$ 3,7028
Empresários da indústria estão mais confiantes, diz CNI
Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir de amanhã
Cesp é vendida sem concorrência com ágio de 2,09%

MAIS NOTICIAS

 

Equipe de transição deve ser definida hoje à tarde, diz Caiado
 
 
ONS vai reforçar ações de segurança energética nas eleições e no Enem
 
 
Inflação medida pelo INPC sobe para 0,30% em setembro
 
 
Universidades particulares terão disciplina sobre primeira infância
 
 
Com Enem, horário de verão começa no dia 18 de novembro
 
 
Governo anuncia recursos de R$ 600 milhões para o ensino médio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212