Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Itaú BBA inicia cobertura de “novata” com recomendação tímida - Jornal Brasil em Folhas
Itaú BBA inicia cobertura de “novata” com recomendação tímida


SÃO PAULO – O Itaú BBA deu início a cobertura das ações do IRB Brasil com recomendação market perform (em linha com o mercado) diante de dividendos “convincentes”, mas upside “limitado”.

O preço justo para a ação (IRBR3) é de R$ 35,5 ao fim de 2018, valor 12,7% acima do fechamento de terça-feira (12).

A equipe de análise do Itaú BBA afirma que a empresa é, atualmente, líder incontestável na área de resseguros no Brasil, com participação de mercado em torno de 35%.

A expectativa é de que o pagamento do dividendo do IRB seja de 75% nos próximos anos, notadamente acima da média registrada pelas seguradoras listadas no Brasil, e favorecida por um confortável índice de suficiência de capital de 3,2 vezes a partir de 2016.

“As ações oferecem rendimento convincente de dividendos de 6,7% nos próximos 12 meses, o que achamos favorável ao preço da ação do IRB”, avalia o Itaú BBA.

Apesar da avaliação positiva, a recomendação market perform soou tímida perto de outras novatas da bolsa brasileira, como o Carrefour, que recebeu seis recomendações de compra no fim de agosto, incluindo do Itaú BBA.

Talvez os riscos implícitos no papel do IRB ajudem a explicar a expectativa moderada com o ativo. Segundo o Itaú BBA, os principais riscos para o investimento no IRB são as consequências da mudança na regulação e aumento da concorrência ao longo do tempo. “Esses fatores poderiam limitar a capacidade do IRB de sustentar um sólido nível de lucratividade”, afirmam os analistas.

O Itaú BBA destaca que a empresa naturalmente se envolve em disputas judiciais importantes e poderia estar sujeita a algum grau de volatilidade dos ganhos devido a eventuais variações no índice de perdas. Além disso, os rebaixamentos nas classificações soberanas do Brasil podem prejudicar a estratégia do IRB de aumentar sua exposição internacional.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212