Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Itaú BBA inicia cobertura de “novata” com recomendação tímida - Jornal Brasil em Folhas
Itaú BBA inicia cobertura de “novata” com recomendação tímida


SÃO PAULO – O Itaú BBA deu início a cobertura das ações do IRB Brasil com recomendação market perform (em linha com o mercado) diante de dividendos “convincentes”, mas upside “limitado”.

O preço justo para a ação (IRBR3) é de R$ 35,5 ao fim de 2018, valor 12,7% acima do fechamento de terça-feira (12).

A equipe de análise do Itaú BBA afirma que a empresa é, atualmente, líder incontestável na área de resseguros no Brasil, com participação de mercado em torno de 35%.

A expectativa é de que o pagamento do dividendo do IRB seja de 75% nos próximos anos, notadamente acima da média registrada pelas seguradoras listadas no Brasil, e favorecida por um confortável índice de suficiência de capital de 3,2 vezes a partir de 2016.

“As ações oferecem rendimento convincente de dividendos de 6,7% nos próximos 12 meses, o que achamos favorável ao preço da ação do IRB”, avalia o Itaú BBA.

Apesar da avaliação positiva, a recomendação market perform soou tímida perto de outras novatas da bolsa brasileira, como o Carrefour, que recebeu seis recomendações de compra no fim de agosto, incluindo do Itaú BBA.

Talvez os riscos implícitos no papel do IRB ajudem a explicar a expectativa moderada com o ativo. Segundo o Itaú BBA, os principais riscos para o investimento no IRB são as consequências da mudança na regulação e aumento da concorrência ao longo do tempo. “Esses fatores poderiam limitar a capacidade do IRB de sustentar um sólido nível de lucratividade”, afirmam os analistas.

O Itaú BBA destaca que a empresa naturalmente se envolve em disputas judiciais importantes e poderia estar sujeita a algum grau de volatilidade dos ganhos devido a eventuais variações no índice de perdas. Além disso, os rebaixamentos nas classificações soberanas do Brasil podem prejudicar a estratégia do IRB de aumentar sua exposição internacional.

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212