Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Debênture de infraestrutura é a oportunidade do mês escolhida pela XP Investimentos - Jornal Brasil em Folhas
Debênture de infraestrutura é a oportunidade do mês escolhida pela XP Investimentos


SÃO PAULO – A debênture da Extremoz Transmissora do Nordeste (EXTZ11), concessionária de transmissão de energia elétrica, constituída em julho de 2011 é a escolha da XP Investimentos como a oportunidade do mês em seu relatório de alocação em renda fixa de setembro.

Veja os detalhes do investimento:

Extremoz Transmissora do Nordeste

EXTZ11

Emissão



Série



Rating na emissão

AA+(bra) pela Fitch Ratings

Volume na emissão

R$ 168 milhões

Amortização

Semestral

Juros

Semestral

Data de vencimento

15/01/2029

Duration na emissão

5,77 anos

O projeto opera 300 Km de linhas de transmissão e três subestações de energia nos estados do Rio Grande do Norte e Paraíba. A Extremoz iniciou suas atividades operacionais em outubro de 2014 e concluiu 100% das obras do Lote A do Leilão 001/008 em junho de 2016.

A companhia tem a concessão de serviço de transmissão de energia elétrica pelo prazo de 30 anos e 18 anos para as ICG (instalações de transmissão destinadas a proporcionar acesso à rede básica a pelo menos duas centrais de geração eólica).

Os acionistas da companhia são a ISA Cteep (Companhia de Transmissão Paulista) e a Chesf (Companhia Hidrelétrica do São Francisco, subsidiária integral da Eletrobras), na proporção de 51% e 49%, respectivamente.

Todos os aportes de capital no projeto, entretanto, foram 100% integralizados pela Chesf. Desta forma, a Cteep continuou a ser acionista majoritária da Extremoz até dezembro de 2016, quando a ANEEL aceitou a transferência do controle direto da companhia para a Chesf. A aprovação da transferência está pendente de aprovação nos respectivos conselhos de administração.

As contrapartes de transmissão da Extremoz são: CPFL Renováveis, EDP, Copel, Gestamp, Contour Global, Energisa e Atlantic. A RAP (Receita Total Permitida) do projeto é de R$ 68,1 milhões (R$ 51,1 milhões da rede básica e R$ 17,3 milhões da ICG) e o contrato de O&M é de responsabilidade da Chesf, restrita a um contrato de quatro anos, e da Engevale para a manutenção do projeto.

 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio promove caminhonetadas em várias regiões de Aparecida
Dia da Árvore: desmatamento vem caindo, mas ainda há desafios
Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212