Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Superação foi a tônica do Festival de Esporte Adaptado do Crer - Jornal Brasil em Folhas
Superação foi a tônica do Festival de Esporte Adaptado do Crer


Ser atleta é se superar a cada momento. É treinar muito, dedicar-se dia a dia com total disciplina, e vivenciar o esporte de todas as maneiras possíveis. É isso que os pacientes atletas do Centro de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (Crer) têm mostrado a cada edição do Festival de Esporte Adaptado (FEAD).

Na última sexta-feira, dia 15, o Crer realizou a terceira edição do FEAD e contou com a participação de mais de 300 pacientes acompanhados de seus familiares. O evento, que já é consagrado, acontece desde 2015.

O FEAD é um evento esportivo de caráter inclusivo que integra e incentiva a prática de esportes. O festival auxilia no restabelecimento social dos pacientes, na superação dos próprios limites, além de promover maior independência e inclusão.

IMG_4766As modalidades oferecidas durante o evento foram: takkyu volley, bocha, basquete de cadeiras de rodas, atletismo, corrida, caminhada, natação e futsal. Durante as atividades, profissionais de educação física, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais do CRER ficaram à frente das modalidades oferecendo apoio e orientações aos pacientes atletas. O evento também contou com uma apresentação cultural que recebeu o nome “Em algum lugar além do arco-íris”. As atletas do basquete em cadeira de rodas emocionaram a todos ao interpretarem a canção.

A diretora multiprofissional de Reabilitação do Crer, Sônia Helena Adorno de Paiva, relatou que o Festival de Esporte Adaptado “é uma forma de inclusão dos pacientes, além de auxiliar na readaptação, também incentiva na busca da inserção social e no mercado de trabalho”.

A professora aposentada Fátima Luiza Santos, de 59 anos, cadeirante, participou pela terceira vez do festival na modalidade bocha adaptada. A atleta elogia o evento. “Muito organizado, os profissionais nos incentivam sempre a fazer o melhor e nos mostram do que somos capazes”, disse.

O diretor geral do Crer, Válney Luis da Rocha, discursou “que a prática de esportes traz inúmeros benefícios à saúde, e o que temos visto são excelentes resultados alcançados pelos pacientes do Crer, tanto em aspectos físicos, emocionais, sociais e na melhoria da qualidade de vida. A concepção deste festival foi justamente em reconhecimento a essa importância do esporte na vida humana”, destacou.

O Superintendente da Comissão dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Hebert Batista Alves, disse que “ao praticar esporte o atleta passa a ter convivência com outros e tem exemplos de superação. Isso os motiva a voltarem totalmente à inclusão na sociedade, a trabalharem e estudarem”, afirma. O Presidente também falou sobre os diretos da pessoa com deficiência e distribuiu a cartilha “Pessoa com deficiência, você conhece seus direitos?”, aos atletas pacientes do CRER. A cartilha integra a campanha Setembro Verde, que aborda os direitos da pessoa com deficiência.

A superintendente de Educação em Saúde e Trabalho pra o SUS – SEST/SUS, Irani Ribeiro, prestigiou o evento e representou o Governador do Estado, Marconi Perillo. “Parabéns ao CRER e a todos os atletas pacientes por este evento. O Crer é exemplo para o Estado de Goiás. Temos muito orgulho deste hospital”.

A funcionária pública aposentada Sandra Neide Ribeiro, de 42 anos, sofre de polineuropatia, uma doença que afeta a coordenação motora, causando a perda de movimentos relacionados a uma inflamação de múltiplos nervos. Antes da doença, já participou de diversas competições de natação e basquete. Com a descoberta da polineuropatia, Sandra iniciou o tratamento no CRER onde é paciente há 11 anos. “ O esporte é muito importante na minha vida. E agora, mesmo com algumas dificuldade eu não desisto de seguir em frente e fazer o que eu gosto.” A funcionária pública participou pela primeira vez do FEAD na modalidade Natação, e comemora sua desenvoltura. “Fui muito bem! Me superei! Quando cheguei ao Crer não conseguia nem andar, hoje estou recuperando meus movimentos”, celebrou.

Ana Paula Sousa Ferreira, 31 anos, é mãe do pequeno Ryan de 5 anos, que participou do festival na modalidade natação. Ela contou que o filho nasceu com paralisia cerebral e com o tratamento oferecido no Crer aliada a prática esportiva, a criança já desenvolveu muito. “Ele já evoluiu bastante, o esporte deixa ele mais calmo e concentrado”, evidenciou a mãe.

Com o passar dos anos, o FEAD tem se consolidado e mostrado que além da reabilitação, o Crer se preocupa em readaptar o paciente, para que ele possa voltar às rotinas do dia a dia. O esporte contribui para a superação de desafios, estimula a concentração, o equilíbrio, a coordenação motora, além de elevar a autoestima. O festival proporciona aos pacientes atividades culturais e esportivas com a presença de familiares e amigos.

Ao final do evento, todos os atletas participantes receberam medalha de ouro pela superação e força de vontade. O festival aconteceu no Clube da Associação dos Servidores da Saneago (ASSESGO) e contou com o apoio de diversas instituições parceiras. O FEAD é uma realização do Crer e da Associação Goiana de Integralização e Reabilitação (AGIR), organização social gestora do hospital.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212