Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Raquel Dodge assume PGR pedindo harmonia entre os poderes - Jornal Brasil em Folhas
Raquel Dodge assume PGR pedindo harmonia entre os poderes


A nova procuradora-geral do Brasil, Raquel Dodge, assumiu o cargo nesta segunda-feira com uma mensagem em favor da harmonia entre os poderes da República, quatro dias depois que seu antecessor acusou o presidente Michel Temer de ser o líder de uma organização criminosa.

Dodge é a primeira mulher a ocupar a chefia da PGR e chega em plena intensificação da crise política desatada pelos escândalos de corrupção que criaram um clima de tensão entre o Governo e o Congresso com o poder judiciário.

A harmonia entre os poderes é um requisito para a estabilidade da nação, afirmou Dodge em seu discurso inaugural na sede do Ministério Público (MP) em Brasília.

O país passa por um momento de depuração, os órgãos do sistema de administração da justiça têm no respeito e na harmonia entre as instituições a pedra angular que equilibra a relação necessária para se fazer justiça, acrescentou, em uma passagem elogiada por Temer, que presenciou o ato de posse.

A Procuradora mencionou rapidamente seu antecessor, Rodrigo Janot, que denunciou duas vezes por corrupção o chefe de Estado e transformou Temer no primeiro presidente em função da história a ser acusado por um crime comum. A primeira acusação foi bloqueada em agosto pela Câmara de Deputados, que vai esperar por uma resolução do Supremo Tribunal Federal antes de começar a analisar a nova acusação.

Dodge também falou da corrupção como um dos capítulos centrais de sua agenda, mas não mencionou a Operação Lava Jato.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212