Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Trump proíbe compra de empresa americana por estatal chinesa - Jornal Brasil em Folhas
Trump proíbe compra de empresa americana por estatal chinesa


O presidente americano Donald Trump impediu, nesta quarta-feira, a tentativa de uma estatal chinesa de adquirir a empresa Lattice, de semicondutores, afirmando que isso representaria uma ameaça à segurança dos Estados Unidos.

A aquisição da Lattice Semiconductor Corporation, companhia de Oregon publicamente negociada, pela chinesa Canyon Bridge Fund poderia ameaçar a oferta de produtos importantes para o governo americano, disse o Departamento do Tesouro em nota.

O governo Trump adotou uma postura agressiva ante a China acerca de comércio e segurança nacional, lançando investigações amplas sobre as ramificações de segurança nacional do comércio de alumínio e aço de Pequim.

Trump tem a prerrogativa de bloquear investimentos estrangeiros que ele julgue ameaçadores à segurança nacional por meio do Comitê de Investimentos Estrangeiros (CFIUS) nos Estados Unidos, um comitê interagências.

No caso da Lattice, o CFIUS e o presidente decidiram que a transação representa um risco à segurança nacional dos Estados Unidos que não pode ser resolvido por meio de mitigação, disse a nota do Tesouro.

Com a decisão, a Canyon Bridge, sua parceira Yitai Capital e o China Venture Capital Fund Corp (CVCF) foram proibidos de comprar a empresa americana, que atende a mercados de consumidores, de comunicação e industrial.

O Tesouro disse que o acordo representa um risco à segurança nacional devido ao apoio de Pequim à transação, à potencial transferência de propriedade intelectual para investidores estrangeiros e à importância dos suprimentos semicondutores para o governo americano, inclusive dos produtos da Lattice.

A Lattice fabrica dispositivos lógicos programáveis, semicondutores que podem ser programados para ter funções similares às dos chips, diz a declaração.

Trump interveio pessoalmente no processo após empresas apelarem para ele sobrepor a decisão do CFIUS diretamente, segundo o The Wall Street Journal.

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212