Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Onde investir R$ 100 mil no longo prazo? - Jornal Brasil em Folhas
Onde investir R$ 100 mil no longo prazo?


SÃO PAULO – A redação do InfoMoney recebeu, por email, a dúvida de um jovem de 21 anos em busca de uma opção de investimento no longo prazo para aplicar R$ 100 mil.

A assessora de investimentos Fernanda Zucatelli, da Cash Invest, destaca que – antes de escolher o tipo de investimento – é preciso saber se o investidor já tem uma reserva para emergências, ou seja, aquele dinheiro que pode ser utilizado a qualquer momento, sem prejuízo do rendimento.

Pensando no longo prazo, Zucatelli avalia ser importante preservar ganhos acima da inflação. “Neste sentido, o Tesouro IPCA+ se apresenta como primeira alternativa, porém, é possível obter rendimentos superiores com debêntures de grandes empresas com alta classificação pelas agências de risco, principalmente os destinados a infraestrutura, que são isentos de imposto de renda, e também certificados de recebíveis do Agronegócio (CRA) e certificados recebíveis imobiliários (CRI), que também contam com isenção de imposto de renda, além dos CDBs. Este último conta com a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito)”, explica a assessora.

Ainda levando em consideração investimentos no longo prazo e o atual nível das taxas de juros, é importante buscar investimentos mais agressivos, sem deixar de lado a segurança, pondera Zucatelli.

“As ações se apresentam quase que como uma alternativa obrigatória no seu portfólio, principalmente levando em conta a sua idade, idade esta que deve estar associada a uma atitude mais arrojada com os investimentos. Destinar de 10% a 20% deste capital no mercado de ações poderá incrementar substancialmente seus rendimentos”, recomenda a assessora, lembrando que o leitor que enviou a pergunta tem 21 anos.

“A diversificação de investimentos têm se mostrado como a melhor alternativa na busca por melhor performance, e por isto, não se deve colocar ‘todos os ovos na mesma cesta”, destaca Zucatelli.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212