Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Kassab diz que entendimento com credores pode evitar intervenção na Oi - Jornal Brasil em Folhas
Kassab diz que entendimento com credores pode evitar intervenção na Oi


O ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, disse hoje (19) que acredita na possibilidade de a Oi chegar a um entendimento com seus credores e evitar um processo de intervenção federal, mas, que sem novos recursos, a empresa dificilmente evitará a caducidade da concessão.

Em recuperação judicial, a Oi acumula dívidas de mais de R$ 63 bilhões. Segundo o ministro, é fundamental que a empresa consiga encontrar parceiros que garantam a injeção de recursos.
Brasília - O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, participa da cerimônia de abertura do Painel Telebrasil 2017 (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, participa da abertura do Painel Telebrasil 2017

“O melhor caminho não é nem caducidade, nem intervenção. Mas é público que precisa haver recursos novos na empresa. E só vai ter esses recursos novos na medida em que tiver parceiros. Até porque, se não fizer isso, vai ter intervenção, disse Kassab pouco antes de participar da abertura do Painel Telebrasil 2017, que reúne as empresas do setor.

De acordo com Kassab, o governo descartou a possibilidade de negociar os cerca de R$ 13 bilhões que a Oi deve em multas à Agência Nacional das Telecomunicações (Anatel). “As multas vão precisar ser pagas. Não tem como. Dá improbidade”, disse.

A situação da empresa vem sendo acompanhada pela Anatel, que em agosto estipulou um prazo para a operadora apresentar uma nova versão de seu plano de recuperação judicial.

O ministro disse ainda que confia em um entendimento entre os credores privados para a recuperação da empresa. “Com intervenção, quem tem controle hoje vai perder o controle. Então, é lógico que vai haver um entendimento e ela vai ter um parceiro o mais rápido possível. É uma questão de bom senso”, disse.

Para Kassab, caso a Oi não demonstre a capacidade de construir esse entendimento, o “gato começará a subir no telhado”.

“Não posso afirmar que não vai ter intervenção ou caducidade, porque se ela não fizer o dever de casa, vai ter. Tem que concluir a recuperação judicial. E concluir bem. Se não concluir, começa o gato a subir no telhado”, afirmou.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212