Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Agehab inicia cadastro para implantação de energia solar fotovoltaica em 740 moradias de Palmeiras de Goiás - Jornal Brasil em Folhas
Agehab inicia cadastro para implantação de energia solar fotovoltaica em 740 moradias de Palmeiras de Goiás


A Agência Goiana de Habitação (Agehab) vai disponibilizar para as famílias do Residencial Maria Pires Perillo, em Palmeiras de Goiás, o Cheque Mais Moradia, Modalidade Melhoria, no valor de R$ 3 mil para instalação das placas solares fotovoltaicas, que geram até 70% de economia na conta de energia. O cadastramento dos beneficiários começa nesta terça-feira, dia 20, beneficiando as 740 moradias do Residencial Maria Pires Perillo, construído pela Agehab em parceria com o governo federal e a Prefeitura. A ação faz parte do Projeto Casa Solar da Agehab, que tem como meta entregar 1,2 mil casas com o sistema fotovoltaico instalado em quatro municípios goianos: Pirenópolis, Alto Paraíso, Caçu e Palmeiras de Goiás. O cadastramento deve durar cerca de uma semana e contempla as 480 famílias que já moram no residencial, com a primeira etapa entregue no ano passado pelo governador Marconi Perillo e o ministro das Cidades, Bruno Araújo.

Presidente da Agehab, Luiz Stival, explica que na primeira etapa do Residencial Maria Pires Perillo, as 480 moradias já possuem aquecimento solar e o painel solar fotovoltaico vai complementar o sistema energético da unidade. “Além de garantir o direito à moradia digna, o Governo do Estado de Goiás, por meio da Agehab e do Projeto Casa Solar, oferece às famílias um conjunto de benefícios que vão desde a redução dos valores da conta de energia elétrica, capacitação gratuita para profissionalização numa atividade que cresce no país todo e oportunidade de renda extra. E com o mais importante, o benefício ambiental e energético”, afirma Stival.

O Residencial Maria Pires Perillo é um dos maiores empreendimentos do Estado, fruto da parceria entre a Agehab, Caixa Econômica Federal e o município. O investimento total para a construção das casas do empreendimento é de R$ 46 milhões, sendo R$ 4,6 milhões em Cheque Mais Moradia e o restante do FAR, fundo de arrendamento residencial. Os painéis serão instalados em todas as 740 unidades habitacionais, mas a primeira etapa para a instalação do kit será nas 480 unidades e, posteriormente, para as 260 unidades restantes em fase final de construção.

Após a assinatura dos convênios e contratos, dos cheques e da escolha da empresa que vai fornecer as placas solares, começa a fase de capacitação dos beneficiários para instalação e manutenção dos painéis. Todos os beneficiários interessados podem participar da capacitação, que traz uma oportunidade de formação gratuita e de complementação de renda. O Estado de Goiás é pioneiro na implantação do sistema solar fotovoltaico na habitação unifamiliar e de interesse social em escala. Atualmente, os painéis são fabricados no Brasil, mas o microinversor, que condiciona a energia gerada para que seja inserida na rede da concessionária, ainda é importado. Todos são aprovados pelo Inmetro e têm garantia de rendimento de pelo menos 80% por 25 anos. A expectativa é que o equipamento se pague em seis anos de utilização.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212