Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Muçulmanos se sentem ligados aos países europeus em que vivem - Jornal Brasil em Folhas
Muçulmanos se sentem ligados aos países europeus em que vivem


Setenta e cinco por cento dos muçulmanos que vivem na Europa se declararam ligados emocionalmente ao país no qual vivem, e acreditam em suas instituições, embora mais de 25% se sintam discriminados, ressalta uma grande pesquisa divulgada nesta quinta-feira.

A Agência dos Direitos Fundamentais da União Europeia (FRA) perguntou em 2016 a 10.527 pessoas de fé muçulmana residentes em 15 países da UE. Mais da metade tem a cidadania do país em que se reside.

Segundo os resultados do estudo, 76% das pessoas questionadas se declaram muito ligadas ao país em que vivem.

Por grau de intensidade, os muçulmanos que residem em Finlândia, Suécia, Reino Unido, França e Bélgica são os que se sentem mais integrados, enquanto os que moram em Itália, Holanda, Áustria e Grécia são os que menos sentem este vínculo.

Em dois países, França e Holanda, esse apego é ligeiramente inferior entre os filhos de imigrantes muçulmanos do que entre seus pais.

Em média, os muçulmanos asseguram ter mais confiança nas instituições de seus países de residência (Justiça, Polícia, Parlamento) do que o resto da população.

Estes resultados desacreditam totalmente a afirmação de que os muçulmanos não estão integrados em nossas sociedades, considera no relatório Michael OFlaherty, diretor da FRA, com sede em Viena.

Quatro muçulmanos em cada dez (39%) asseguram que nos últimos cinco anos se sentiram discriminados em algum momento por conta de sua origem ou religião.

Esta discriminação se aplicaria em particular na busca de emprego ou de moradia.

Cerca de 39% das mulheres que usam véu asseguram ter sofrido gestos ou olhares ofensivos.

 

Últimas Notícias

Furto de combustível causou explosão que matou ao menos 66 pessoas
Sobe para 399 número de presos por ataques no Ceará
Migrantes desaparecidos em naufrágio no Mediterrâneo já são 114
Aniversário de São Paulo terá programação com diversidade de ritmos
Mais de 600 pessoas levavam gasolina na hora da explosão de oleoduto
Pré-carnaval movimenta foliões nas ruas do Rio
Brasil expressa condolências às famílias das vítimas no México
Marcha das Mulheres reúne milhares pelo mundo

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212