Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 JP Morgan eleva recomendação de ação estagnada desde “Friboigate” - Jornal Brasil em Folhas
JP Morgan eleva recomendação de ação estagnada desde “Friboigate”


SÃO PAULO – A equipe de análise do JP Morgan elevou a recomendação para as ações do Banco do Brasil (BBAS3) de neutra para compra e aumentou o preço-alvo de R$ 37 para R$ 40 ao fim de 2018. O valor está 15,1% acima do fechamento de quarta-feira (20).

A atualização reflete o baixo desempenho do ativo desde o sell-off em maio de 2017 e a atualização da estratégia do JP Morgan para o Brasil, além da melhoria geral dos dados econômicos acima do esperado, conforme visto nos índices de atividade econômica.

Também colaboraram para essa visão mais otimista sobre os papéis a melhoria contínua de novos empréstimos para pessoas físicas, a estabilização do ICVA (Índice Cielo e Varejo Ampliado) e a menor inflação.

“Notavelmente, acreditamos que o Banco do Brasil funciona bem com a visão construtiva do JP Morgan sobre o Brasil. O Banco do Brasil está negociando em 7,8x 2018EP/E, com um desconto implícito de 33% para a média do Itaú e do Bradesco”, afirma o time de analistas do JP Morgan.

Os analistas destacam que a ação do Banco do Brasil tem mostrado performance inferior aos seus pares desde 16 de maio, quando foi divulgada a conversa do presidente Michel Temer com o dono da JBS, Joesley Batista.

“As ações estão estagnadas desde 16 de maio, evento pré-político, contra a alta de 8% do Itaú, 13% do Bradesco e 11% do Ibovespa”, explicam os analistas, que acreditam a maior alavancagem do banco o deixa mais exposto à melhor qualidade esperada para o crédito daqui em diante.

Dado o baixo desempenho das ações do Banco do Brasil no período recente, o JP Morgan avalia que o ativo pode ser uma boa e descontada opção de investimento e, agora, passa a figurar na lista de favoritos no Brasil, junto com B3 (BVMF3), Itaúsa (ITSA4) e IRB (IRBR3).

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212