Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Moscou inaugura estátua em homenagem ao inventor do fuzil kalashnikov - Jornal Brasil em Folhas
Moscou inaugura estátua em homenagem ao inventor do fuzil kalashnikov


Uma imponente estátua do engenheiro soviético Mikhail Kalashnikov, inventor do famoso fuzil que leva seu nome, falecido em dezembro de 2013, foi inaugurada nesta terça-feira em Moscou, e as autoridades destacaram uma marca cultural da Rússia.

Em pleno centro da capital do país, a escultura de metal, de mais de sete metros de altura, representa Mikhail Kalashnikov com um AK-47, a arma que ele projetou em 1947 e da qual foram fabricadas, segundo estimativas, mais de 100 milhões de exemplares em todo o mundo.

Kalashnikov encarnava os melhores traços do homem russo: um talento natural extraordinário, a simplicidade, a integridade e a organização, declarou o ministro da Cultura, Vladimir Medinski, que chamou o rifle criado por MK de verdadeira marca cultural da Rússia.

Kalashnikov morreu em 23 de dezembro de 2013 após uma longa batalha contra uma doença, aos 94 anos, e foi enterrado com honras em um grande monumento militar perto de Moscou, na presença do presidente Vladimir Putin e de outras autoridades russas.

Nascido em 10 de novembro de 1919 em uma localidade da Sibéria, Mikhail Kalashnikov permaneceu ativo até um ano antes de sua morte.

O kalashnikov, uma arma robusta e barata, se tornou o símbolo da luta armada pela independência e aparece em várias bandeiras, incluindo a de Moçambique e a do movimento xiita libanês Hezbollah.

Kalashnikov não recebeu nenhum dinheiro com a venda dos AK-47, utilizados pelos exércitos de mais de 80 países.

A empresa Kalashnikov, em decadência no momento da morte do engenheiro, passou por uma profunda modernização com o auxílio do poder público, que anunciou este ano a transferência da maior parte do capital para investidores privados.

A empresa se concentrou nas exportações e em melhorar sua imagem, com a abertura de lojas para a venda de produtos derivados.

 

Últimas Notícias

Índice de registro de imóveis pode melhorar transações no país
Programa para receber declaração do IR estará disponível segunda-feira
Paulo Guedes espera aprovação da reforma da Previdência até junho
Doria anuncia redução do aumento do preço médio do gás em São Paulo
Pesquisador em Engenharia Aeroespacial assume presidência do CNPq
Ortega anuncia retomada do diálogo com a sociedade organizada
Empresária vítima de tentativa de feminicídio no Rio deixa hospital
Atriz Fernanda Montenegro recebe alta de hospital no Rio

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212