Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Prestes a tocar terra, Max ganha força e gera chuvas no sul do México - Jornal Brasil em Folhas
Prestes a tocar terra, Max ganha força e gera chuvas no sul do México


O furacão Max provoca fortes chuvas no estado de Guerrero, no sul do México, e em questão de poucas horas deve entrar no território do país, informou nesta quinta-feira o Serviço Meteorológico Nacional (SMN).

O olho do furacão Max, de categoria 1, está a 20 quilômetros ao sul da linha da costa do município de San Marcos, no estado de Guerrero, causando chuvas intensas a torrenciais, ventos fortes e ondas elevadas em Guerrero, Oaxaca e Michoacán, disse o SMN em seu boletim das 13h (horário local; 15h de Brasília).

Pela direção de seu deslocamento, Max deve chegar hoje às imediações dos municípios de Marquelia e Juchitán, em Guerrero.

O sistema nacional de Proteção Civil decretou alerta vermelho (perigo máximo) para o litoral de Guerrero e laranja (risco alto) no de Oaxaca, o estado mais afetado pelo violento terremoto de magnitude 8,2 ocorrido em 7 de setembro.

Max, que se formou ontem no Oceano Pacífico, se desloca a leste a 13 quilômetros por hora enquanto desenvolve ventos máximos sustentados de 140 quilômetros por hora e rajadas de 165 km/h.

Max é o 13º ciclone tropical que se formou nesta temporada de furacões em águas do Pacífico mexicano.

O último deles, Lidia, castigou a peninsula da Baixa Califórnia no começo deste mês e deixou sete mortoss, além de inundações e danos em infra-estruturas.

 

Últimas Notícias

Saúde libera recursos para atender moradores da região de Brumadinho
Justiça determina prisão preventiva de acusado de espancar paisagista
Irmão de mulher espancada diz que ainda está chocado com a violência
Flamengo pede mais prazo para decidir sobre indenização de vítimas
Profissionais que atuaram em Brumadinho serão monitorados
Auditores descobrem 158 Kg de cocaína na fronteira com a Bolívia
Governo determina medidas de precaução para barragens em todo o país
Bolsonaro irá ao Congresso entregar texto da reforma da Previdência

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212