Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Prestes a tocar terra, Max ganha força e gera chuvas no sul do México - Jornal Brasil em Folhas
Prestes a tocar terra, Max ganha força e gera chuvas no sul do México


O furacão Max provoca fortes chuvas no estado de Guerrero, no sul do México, e em questão de poucas horas deve entrar no território do país, informou nesta quinta-feira o Serviço Meteorológico Nacional (SMN).

O olho do furacão Max, de categoria 1, está a 20 quilômetros ao sul da linha da costa do município de San Marcos, no estado de Guerrero, causando chuvas intensas a torrenciais, ventos fortes e ondas elevadas em Guerrero, Oaxaca e Michoacán, disse o SMN em seu boletim das 13h (horário local; 15h de Brasília).

Pela direção de seu deslocamento, Max deve chegar hoje às imediações dos municípios de Marquelia e Juchitán, em Guerrero.

O sistema nacional de Proteção Civil decretou alerta vermelho (perigo máximo) para o litoral de Guerrero e laranja (risco alto) no de Oaxaca, o estado mais afetado pelo violento terremoto de magnitude 8,2 ocorrido em 7 de setembro.

Max, que se formou ontem no Oceano Pacífico, se desloca a leste a 13 quilômetros por hora enquanto desenvolve ventos máximos sustentados de 140 quilômetros por hora e rajadas de 165 km/h.

Max é o 13º ciclone tropical que se formou nesta temporada de furacões em águas do Pacífico mexicano.

O último deles, Lidia, castigou a peninsula da Baixa Califórnia no começo deste mês e deixou sete mortoss, além de inundações e danos em infra-estruturas.

 

Últimas Notícias

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
Marcelo Piloto é extraditado do Paraguai para o Brasil
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

MAIS NOTICIAS

 

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
 
 
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
 
 
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
 
 
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
 
 
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
 
 
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212