Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


10 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Polícia diz que espera prender traficante Rogério 157 a qualquer momento - Jornal Brasil em Folhas
Polícia diz que espera prender traficante Rogério 157 a qualquer momento


O delegado titular da 11ª DP (Rocinha), Antônio Ricardo, disse hoje (23), no Rio de Janeiro, que a prisão de Rogério Avelino da Silva, Rogério 157, pode ocorrer a qualquer momento. Explicou que as operações de busca ao traficante continuam e tiveram o reforço da decisão do Portal dos Procurados, do Disque Denúncia, que aumentou de R$ 30 mil para R$ 50 mil a recompensa por informações que levem ao criminoso.

Para o policial, Rogério 157 está “sufocado” pelas operações integradas realizadas na favela da Rocinha e tenta se deslocar o tempo inteiro, inclusive com saída da comunidade.

“Ele vai para a mata, para a favela, vai para o asfalto, então a prisão pode acontecer a qualquer momento”, frisou. Afirmou que a polícia vem recebendo informações sobre a ação de criminosos e a presença de armas e drogas.

Para o delegado, o fato de conhecer a área da comunidade facilita o deslocamento do traficante, apesar da forte presença de agentes de segurança estaduais e federais.

“É um marginal que conhece toda a topografia, isso facilita muito a fuga dele”, opinou.Rogério 157 está sendo procurado por envolvimento na disputa com o seu ex-chefe Antônio Francisco Bonfim Lopes, o traficante Nem, pelo comando da venda de drogas na Rocinha, na zona sul do Rio.

No domingo passado (17), um grupo ligado a Nem, que está preso na penitenciária federal de Porto Velho, em Rondônia, tentou recuperar o poder na Rocinha e houve intenso tiroteio entre os dois grupos da mesma facção. Desde então, a polícia faz operações para prender Rogério 157.

Antônio Ricardo, responsável pelo inquérito policial sobre a ação dos criminosos na disputa pelo tráfico na favela, confirmou que Rogério 157 estava fora da comunidade e voltou nesta tarde junto com integrantes de seu grupo em um táxi. Ele teria entrado por um dos acessos à favela pelo bairro do Horto, também na Zona Sul, depois de seus comparsas terem rendido um motorista de táxi no Jardim Botânico, bairro próximo ao Horto.

“Sim, é um relato verídico e bate com a nossa investigação. Ele retornou para a favela. Não quer perder o controle da comunidade”, argumentou.

Inquérito

O delegado informou ainda que todos os criminosos envolvidos na tentativa de retomada do poder na Rocinha - da quadrilha do Nem e do bando de Rogério 157 e ainda associados no Morro de São Carlos, da Pedreira e da Vila Vintém - estão respondendo ao inquérito. “Todos esses marginais que têm liderança nessas comunidades responderão também pelo inquérito policial”, disse.

O policial acrescentou que houve uma mudança de estratégia e, por enquanto, foi afastada a possibilidade de pedir um mandado coletivo de busca na favela, o que permitiria a entrada de agentes em qualquer residência da Rocinha, sem identificação específica de uma pessoa que esteja sendo procurada.

“Nós mudamos a estratégia. Por ora, não vamos pedir um mandado de busca nominado como coletivo. Foi uma mudança de estratégia e continuaremos, por enquanto, sem pedir esse mandado de busca”, disse.

Ele confirmou que recebeu a denúncia de uma moradora de que teve a casa invadida por agentes policiais, sem o acompanhamento de um mandado de busca. “Chegou um relato de invasão de residência e estamos apurando o que realmente ocorreu”, assegurou.

 

Últimas Notícias

Petrobras demite funcionários com prisão decretada na Lava Jato
Porto de Santos movimenta 110 milhões de toneladas de carga em 2018
Alimentos da cesta básica estão mais caros em 16 capitais brasileiras
Vendas internas de veículos novos têm melhor resultado desde 2015
BNDES lança programa para atender startups
Mercosul e UE retomam negociação com expectativa de acordo até março
Poupança tem menor captação para meses de novembro em três anos
Toma posse diretoria da nova Agência Reguladora de Mineração

MAIS NOTICIAS

 

Moro reafirma “confiança pessoal” em Onyx
 
 
Após discussão, votação do Escola sem Partido em comissão é suspensa
 
 
Senado aprova projeto que congela distribuição de recursos do FPM
 
 
Crediário e cartão são os maiores responsáveis pela inadimplência
 
 
Balança comercial tem segundo melhor superávit para meses de novembro
 
 
Enel anuncia R$ 3,1 bi em distribuição de energia em São Paulo

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212