Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Ikea compra empresa TaskRabbit e entra na economia colaborativa - Jornal Brasil em Folhas
Ikea compra empresa TaskRabbit e entra na economia colaborativa


A Ikea, líder mundial na venda de móveis, vai comprar a empresa americana TaskRabbit, o que marcará sua entrada no setor da economia colaborativa.

A TaskRabbit oferece uma plataforma on-line na qual as pessoas podem contratar um trabalhador independente para qualquer reparo em casa ou outros serviços, de um vazamento de água, montagem de móveis até esperar em uma fila de uma loja da Apple para comprar um novo iPhone no dia do lançamento.

Fundada há nove anos, a TaskRabbit, com sede em San Francisco, está presente em 40 cidades americanas e em Londres.

Por meio de nossa plataforma de demanda única, a TaskRabbit está tornando a vida melhor para ambos, consumidores e Taskers (prestadores de serviços), afirmou a diretora executiva da empresa, Stacy Brown-Philpot.

A TaskRabbit espera que a fusão com o grupo Ikea permita uma maior oferta de serviços e mais possibilidades para que os taskers recebam mais dinheiro.

Os termos financeiros da aquisição não foram revelados. A TaskRabbit continuará operando como uma empresa independente, de acordo com a Ikea, que foi fundada na Suécia mas tem sede na Holanda.

No final do ano passado, a Ikea testou com sucesso a TaskRabbit, que passou a ajudar seus clientes a montar os móveis.

Com esta compra, a Ikea entra no setor da economia colaborativa.

Em um ambiente que muda rapidamente, nos esforçamos continuamente para desenvolver novos e melhores produtos e serviços para tornar a vida de nossos clientes um pouco mais fácil, afirmou o presidente executivo da Ikea, Jesper Brodin, em um comunicado conjunto.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212