Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 América busca evitar surtos de rubéola e sarampo - Jornal Brasil em Folhas
América busca evitar surtos de rubéola e sarampo


Autoridades de saúde da América aprovaram um plano para evitar surtos de rubéola e sarampo, doenças declaradas eliminadas na região, mas cujos vírus continuam em circulação no resto do mundo, informou na quinta-feira a Organização Pan-americana da Saúde (Opas).

O continente americano foi declarado livre da transmissão endêmica de rubéola e síndrome de rubéola congênita em 2015, e de sarampo em 2016, após 22 anos de medidas de combate e vacinação em massa.

Mas o desafio nos próximos anos, segundo os especialistas, é impedir a importação e reintrodução dos vírus que causam essas doenças, que não desapareceram do planeta e são altamente contagiosos.

Para isso, os ministros da saúde do continente, reunidos na 29ª Conferência Sanitária Pan-americana, que termina na sexta-feira, definiram uma estratégia que estabelece mecanismos padronizados para responder com rapidez aos casos importados, entre outras medidas.

As ações se concentram em manter a imunidade da população alta através da vacinação e do fortalecimento dos sistemas de monitoramento para poder detectar rapidamente os vírus do sarampo e da rubéola, especialmente face a outras doenças com sintomas similares como as causadas pelos vírus da zika e a chikungunya, indicou a Opas em um comunicado.

Para manter a erradicação, os níveis de cobertura de vacinação da população devem se situar em 95% ou mais.

A Opas disse que nos últimos cinco anos, a cobertura regional da primeira dose da vacina contra o sarampo, a rubéola e a caxumba se situou entre 92% e 94%. No caso da segunda dose, oscilou entre 70% e 83%.

Os especialistas alertaram sobre o aumento do número de crianças suscetíveis a contrair a doença, mas também sobre as disparidades de cobertura de imunização no plano local, que muitas vezes ficam ocultas pelas taxas regionais.

Em 2015, só 49% das crianças na América viviam em municípios onde a cobertura de vacinação era de 95% ou mais, indicou a Opas.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), entre 2000 e 2015, a vacina contra o sarampo evitou cerca de 20,3 milhões de mortes, o que a transforma em um dos melhores investimentos em saúde pública.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212