Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Independência simbólica de anglófonos deixa vários mortos no Camarões - Jornal Brasil em Folhas
Independência simbólica de anglófonos deixa vários mortos no Camarões


Incidentes nas regiões anglófonas do Camarões, que decidiram declarar simbolicamente sua independência deixaram vários mortos neste fim de semana, resultantes da repressão policial enviada pelas autoridades da capital, Yaundé, para conter as manifestações.

Setores separatistas anglófonos anunciaram que elegeriam a data de 1º de outubro para se declararem independentes de Yaundé. Nesse dia se comemora a unificação entre as zonas francófonas e anglófonas em 1961.

A independência foi proclamada simbolicamente nas redes sociais na manhã deste domingo por Sisiku Ayuk, presidente autoproclamado de Ambazonia, nome dado à república separatista.

Nas vésperas da data, o poder central de Yaundé decretou toques de recolher na região, proibiu as reuniões de mais de quatro pessoas em espaços públicos e limitou os deslocamentos.

Desde novembro de 2016, a minoria anglófona camaronesa, que representa cerca de 20% da população, protesta pela marginalização que sofre do restante do território.

A minoria de fala inglesa do país, de 22 milhões de habitantes, se queixa há muito tempo da desigualdade na distribuição dos ganhos petroleiros do país.

A possibilidade de uma independência das regiões anglófonas foi rechaçada categoricamente por Yaundé, que mobilizou forças de segurança especialmente em Buea, a maior cidade do sudoeste, e em Bamenda, no noroeste.

Pelo menos três pessoas morreram em manifestações, duas feridas a tiros em Ndop, a 40 km de Bamenda, indicaram várias fontes.

O prefeito de Kumbo, Donatus Njong, informou que na localidade também foi registrada uma vítima fatal.

Em Kumbo, três prisioneiros que quiseram aproveitar as manifestações para fugir da prisão foram executados e no incidente três detentos ficaram feridos, segundo uma fonte próxima às autoridades regionais.

Nesta localidade, que tem fama de estar em rebeldia desde o início dos protestos, em 2016, as forças de segurança mataram um jovem a tiros no sábado.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212