Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Trump sonda Kevin Warsh para presidir o Federal Reserv - Jornal Brasil em Folhas
Trump sonda Kevin Warsh para presidir o Federal Reserv


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se reuniu com o banqueiro Kevin Warsh para falar de uma possível nomeação para presidir o Federal Reserv (Fed), segundo publicou nesta sexta-feira o The Wall Street Journal.

O encontro entre ambos ocorreu ontem em Washington e também contou com a participação do secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, segundo um porta-voz da Casa Branca citado pelo jornal, que reiterou que Trump quer nomear um candidato antes do término do ano.

Ex-diretor de bancos de investimentos como Morgan Stanley, Warsh, de 47 anos, foi governador do Fed em 2006 e trabalhou previamente no Conselho Nacional Econômico da Casa Branca durante o mandato de George W. Bush.

Trump já tinha anunciado em julho sua intenção renovar a presidência do Federal Reserv, cargo ocupado por Janet Yellen desde 2014, e entre os possíveis candidatos que podem ser nomeados estão o do economista John Taylor e o banqueiro John Allison.

O presidente ofereceu a Taylor entrar na junta de governadores do Banco Central há alguns meses, mas o ex-CEO do BB&T Bank rejeitou a proposta, segundo fontes anônimas citadas pelo jornal.

Yellen, a primeira mulher à frente do Fed e cujo nome segue na lista de possíveis nomeados, afirmou em 20 de setembro que tem intenção de cumprir seu mandato, que termina em fevereiro.

Ainda que durante a campanha eleitoral Trump tenha criticado duramente Yellen, por considerar que atuava de maneira política, nos últimos meses o governante mudou de opinião e expressou respeito pelo seu bom trabalho à frente do Banco Central.

Sob a sua direção, o Fed começou uma gradual normalização da política monetária, com três altas das taxas de juros e o início da redução da carteira de dívida, pondo um fim no agressivo estímulo para reativar a economia após a crise.

Mas Warsh foi uma das principais vozes críticas ao plano do Fed para começar a desmantelar os estímulos monetários, e em agosto deste ano chegou a dizer que aumenta os riscos de uma nova bolha financeira.

Trump também considerou para o posto Gary Cohn, diretor do conselho de assessores econômicos da Casa Branca, mas suas críticas ao presidente pela resposta à violência racista em Charlottesville complicaram sua candidatura, segundo o jornal.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212