Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Procuradores respondem a Twitter de Temer dizendo que MPF não faz perseguição - Jornal Brasil em Folhas
Procuradores respondem a Twitter de Temer dizendo que MPF não faz perseguição


A Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) respondeu com uma nota à mensagem de Twitter em que o presidente Michel Temer critica o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot. Ainda pela manhã, ao dizer que teria um dia repleto de reuniões com parlamentares da base do governo, Temer citou a denúncia apresentada contra ele pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, chamando-a de “inepta e sem sentido”.

“Vou conversar com representantes de todos os partidos da base, de todas as regiões do Brasil. É uma rotina que sempre mantive. Precisamos lidar com mais uma denúncia inepta e sem sentido, proposta por uma associação criminosa que quis parar o País. O Brasil não será pautado pela irresponsabilidade e falta de compromisso de alguém que se perdeu pelas próprias ambições”, disse o presidente na rede social.

A nota, assinada pelo presidente da entidade, o procurador regional da República José Robalinho Cavalcanti, defende Janot. “Os membros do Ministério Público Federal não agem em perseguição a outrem e atentam-se apenas ao cumprimento de sua missão institucional. Assim agiu o então PGR Rodrigo Janot e equipe”, diz a nota.

A ANPR também defende a denúncia encaminhada à Câmara dos Deputados, a qual chama de “extenso trabalho de investigação”. “O PGR Rodrigo Janot era o promotor natural ao tempo dos fatos. Agiu, portanto, pela instituição MPF. As denúncias feitas pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o presidente Michel Temer, baseiam-se em extenso trabalho de investigação de órgãos do Estado, e citam sólido rol de provas”.

A associação considera, ainda, “absolutamente incabível e irresponsável que use agora meios oficiais para ofender sem qualquer base a instituição do Ministério Público Federal”.

Não é a primeira vez que Temer critica a denúncia encaminhada por Janot. Ontem (2), ao elogiar a nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge, Temer faz uma crítica indireta a Janot. “Muito bom que a PGR agora tenha uma nova postura, sem querer parar o Brasil com denúncias vazias e irresponsáveis. É assim que se faz Justiça: com prudência e responsabilidade, ouvindo todas as partes envolvidas”.

O presidente passou todo o dia recebendo parlamentares. Foram mais de 50 deputados, além de ex-deputados e empresários. “O diálogo é fundamental para a harmonia entres os Poderes”, afirmou Temer, também pelo Twitter. A longa agenda de visitas de parlamentares se repete às vésperas da apresentação de sua defesa na Câmara. Na ocasião da primeira denúncia, o presidente recebeu dezenas de deputados da base.

 

Últimas Notícias

Dia da Árvore: desmatamento vem caindo, mas ainda há desafios
Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212