Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Exercício da gestão é aprendizado constante, afirma José Eliton - Jornal Brasil em Folhas
Exercício da gestão é aprendizado constante, afirma José Eliton


“Quando se tem uma visão da dinâmica do governo e dos desafios, se consegue executar com muito mais facilidade e objetividade os programas e os projetos”, afirma o vice-governador José Eliton ao abordar os temas mais importantes que devem permear o debate sobre os rumos da sucessão estadual. Segundo ele, as experiências como coordenador do programa Goiás na Frente, presidência da Celg, secretarias de Desenvolvimento Econômico (SED) e de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP) deram a oportunidade de conhecer internamente o governo. “A administração direta tem uma série de desafios que impõe uma capacidade de diálogo muito grande com todos os atores envolvidos na execução do que é planejado”, disse.

De acordo com o vice-governador, hoje, essa nova visão o propicia ter “capacidade de gestão e governança muito mais eficiente para solucionar os desafios que a administração pública impõe”. José Eliton visitou o jornal A Redação, na quarta-feira, dia 4, onde discutiu temas como orçamento e desafios que o aguardam ao assumir no próximo ano o governo em função da desincompatibilização do governador Marconi Perillo.

“Quando não se tem oportunidade de exercer cargos na esfera administrava, muitas vezes se tem uma visão distorcida da gestão”, ressaltou o vice-governador. “Eu fico observando nas campanhas alguns políticos que fazem promessas as mais absurdas, não considerando que na gestão pública o orçamento é limitado, parte dele é comprometido com folha de pagamento ou com vinculações; a capacidade de investimento é pequena, seja na esfera municipal, estadual ou federal”, lembra.

A esses políticos, conforme declarou José Eliton, é preciso questionar de onde vai sair o dinheiro, se vão cortar programas sociais. “Só se tem uma noção clara da dinâmica do governo quando se tem que executar um orçamento”, disse. “Tenho pra mim que todos os que participam de eleições carregam no seu íntimo esperanças, sonhos de realizar muito em prol da população, mas só quando se depara com a realidade da gestão é que se tem noção da enormidade dos desafios”, destaca.

Explicou que são muitos os desafios, no dia a dia, seja na relação com os servidores, seja nas soluções dos mais variados problemas, até questões estruturais, definição de prioridades, metas, o planejamento, a execução do que foi planejado. “Há muitas dificuldades para a execução desse planejamento. Temos uma legislação anacrônica no que diz respeito à gestão pública; nós temos uma lei de licitações antiga que trava os processos e, muitas vezes, impõe um custo mais elevado em vez de diminuir o custo de obras e serviços”, cita.

Durante a entrevista, o vice-governador falou da experiência de gestão na presidência da Celg, que permitiu a ele ter uma visão gerencial extremamente profissional. “A Celg tem um quadro técnico excepcional e, hoje, naturalmente, no setor privado, deve estar aperfeiçoando ainda mais o seu modelo de gestão”, ressaltou.

José Eliton passou, depois, pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SED), onde implementou o programa Inova Goiás, de inovação e tecnologia, e pela Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária, quando idealizou e implementou o Pacto Integrador de Segurança Pública Interestadual para combate ao crime organizado. Hoje, é o coordenador do programa Goiás na Frente de investimentos do governo do estado.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212