Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Palácio das Esmeraldas, PPLT e Estádio Olímpico são iluminados com cor símbolo do Outubro Rosa - Jornal Brasil em Folhas
Palácio das Esmeraldas, PPLT e Estádio Olímpico são iluminados com cor símbolo do Outubro Rosa


Quem passear pelas ruas do Centro de Goiânia vai perceber que o Palácio das Esmeraldas, o Palácio Pedro Ludovico e o Estádio Olímpico estão iluminados, desde a noite desta sexta-feira, 6, pela cor rosa. As fachadas dos palácios e as quatro torres de iluminação do Olímpico, no Centro de Excelência, receberam a cor símbolo do Outubro Rosa.

“O Governo de Goiás abraçou de vez a campanha do Outubro Rosa. A presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), primeira-dama Valéria Perillo, e eu apoiamos esse movimento, que chama a atenção para o diagnóstico do câncer de mama”, escreveu Marconi em suas redes sociais na noite desta sexta-feira, 6.

O Outubro Rosa é um movimento internacional de prevenção ao câncer de mama e é apoiado integralmente pelo Governo de Goiás. O mês foi escolhido para representar a causa ao redor do mundo. A iluminação de prédios e monumentos é uma das formas de chamar a atenção da população para os exames de detecção da doença.
palacio pedro ludovico teixeira

Palácio Pedro Ludovico Teixeira

Em Goiás, a Secretaria do Estado da Saúde coordena as campanhas de informação, prevenção e tratamento do câncer de mama, que se detectado precocemente tem elevados índices de cura.

A Gerência da Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente da SES oferece apoio às secretarias municipais de Saúde para a realização de atividades durante o mês de outubro. Um exemplo é a parceria com a Secretaria de Assistência Social de Aparecida de Goiânia, na promoção até o dia 18 de outubro do Espaço Múltiplo Rosa, no Aparecida Shopping.

O método de rastreamento deste tipo de câncer é a realização do exame de mamografia e a recomendação, atualizada em 2016, é de que mulheres entre 50 e 69 anos façam uma mamografia a cada dois anos. Essa é também a rotina adotada na maior parte dos países que implantaram o rastreamento do câncer de mama e tiveram impacto na redução da mortalidade por essa doença. Em Goiás, no ano de 2016 foram realizadas 43 mil 580 mamografias, uma média de 3.632 por mês.

 

Últimas Notícias

Saúde libera recursos para atender moradores da região de Brumadinho
Justiça determina prisão preventiva de acusado de espancar paisagista
Irmão de mulher espancada diz que ainda está chocado com a violência
Flamengo pede mais prazo para decidir sobre indenização de vítimas
Profissionais que atuaram em Brumadinho serão monitorados
Auditores descobrem 158 Kg de cocaína na fronteira com a Bolívia
Governo determina medidas de precaução para barragens em todo o país
Bolsonaro irá ao Congresso entregar texto da reforma da Previdência

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212