Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Projeto que fortalece Banco Central avança no Senado e segue para plenário - Jornal Brasil em Folhas
Projeto que fortalece Banco Central avança no Senado e segue para plenário


Um dia depois de um café da manhã entre o presidente do Senado, Eunício Oliveira, e o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou o relatório do senador Armando Monteiro (PTB-PE), favorável ao Projeto de Lei da Câmara (PLC) 129/2017 que confere força de lei às punições aplicadas pelo Banco Central (BC) e pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) a fraudes contra o Sistema Financeiro e o Mercado de Capitais. O projeto segue para votação em plenário, em regime de urgência.

No texto, o ponto mais criticado pela oposição diz respeito aos tetos das multas que o BC e a CVM podem aplicar a instituições financeiras culpadas de fraude. O texto exige que seja levada em conta “a capacidade econômica do infrator” ao estabelecer a multa e proíbe o Banco Central de impor multas superiores a 0,5% da receita do fraudador no ano anterior.

“A gente está atropelando todos os prazos. E vai deliberar um tema tão importante com três senadores? – perguntou Lindbergh, destacando ao baixo quórum da reunião. Além dele, só estavam presentes o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), presidente da comissão; o relator da proposta Armando Monteiro e o senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES),

Sobre as acusações de Lindbergh, de que há pressa para analisar a proposta, o senador Tasso explicou que desde 19 de outubro, quando terminou a vigência da Medida Provisória 784, que tratava do tema, existe o risco de um vácuo legislativo. “ A pressa houve no sentido de que estamos com a vacância neste momento na legislação e o risco que pode ocorrer para o sistema”, justificou.

Histórico

Ontem, após um pedido de Ilan Goldfajn, o presidente do Senado disse que distribuiria a matéria só para a Comissão de Assuntos Econômicos para que, no máximo em 15 dias, a matéria esteja aprovada no plenário da Casa, como quer o presidente do BC. Eunício desse ainda que se esforçaria para pautar a proposta antes desse prazo.

 

Últimas Notícias

Empresários brasileiros apostam em alimentos e bebidas saudáveis
Temporal no RS deixa mais de 360 mil residências sem luz
Livro aborda mentiras contadas por presidentes do Brasil em 100 anos
Setor da cachaça lança manifesto contra carga tributária
Polícia busca PM sequestrado por criminosos na zona oeste do Rio
Bolsonaro passa bem e tem dreno retirado do abdome
PM encontra carro de policial sequestrado no Rio
Festival de Brasília termina hoje com entrega de premiações

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212