Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Santander, Itaú e Bradesco pagarão R$ 660 milhões à prefeitura de São Paulo - Jornal Brasil em Folhas
Santander, Itaú e Bradesco pagarão R$ 660 milhões à prefeitura de São Paulo


Os bancos Santander, Itaú e Bradesco se comprometeram a pagar à vista dívidas no valor de R$ 660 milhões à prefeitura de São Paulo até o final deste ano. De acordo com a Câmara Municipal de São Paulo, o compromisso foi assumido nesta quinta-feira (26) por representantes dos três bancos durante reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Grandes Devedores.

Para quitar a dívida, os bancos aderiram ao Programa de Parcelamento Incentivado (PPI) da prefeitura, que dá descontos aos devedores. No caso do Santander, a dívida de R$ 454 milhões passou a ser R$ 279 milhões. O Itaú, que tem dívida de R$ 570 milhões, fez a adesão ao PPI e irá pagar R$ 290 milhões como parte do débito.

O Bradesco, devedor de R$ 191 milhões, vai pagar R$ 90,3 milhões. A quantia, no entanto, pode ser maior. “Estamos pedindo que a prefeitura estenda o prazo do PPI para quem estiver tentando o desmembramento das ações. Se ocorrer, vamos analisar e poderemos pagar os R$ 18 milhões restantes para quitar toda a dívida”, disse à CPI o diretor da instituição, Clayton Camacho.

O Santader confirmou o acordo. “O Santander confirma que aderiu ao PPI do município de São Paulo e pagará o montante de R$ 279 milhões”, disse em nota. O Bradesco informou que não iria se manifestar.

O Itaú informou em nota que recolhe todos os seus tributos em dia, de acordo com a legislação. Há, no entanto, casos em discussão na esfera judicial, fruto de diferentes interpretações. Em alguns desses casos, optamos por aderir ao Programa de Parcelamento Incentivado.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212