Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 400 Famílias de Goiânia e Guapó realizam o sonho da casa própria - Jornal Brasil em Folhas
400 Famílias de Goiânia e Guapó realizam o sonho da casa própria


A promotora de vendas Fernanda Messias foi a primeira de 400 beneficiários a receber hoje (30) das mãos do ministro das Cidades, Bruno Araújo, e do governador Marconi Perillo a chave do apartamento no Residencial Nelson Mandela onde vai criar os filhos Matheus, Gabriel e Anna Clara. Acompanhada dos três filhos, Fernanda recepcionou o ministro e o governador em sua nova moradia, antes da solenidade oficial de entrega das primeiras 400 unidades habitacionais do Residencial Nelson Mandela, localizado no Conjunto Vera Cruz II, onde em parceria com a Caixa o Governo de Goiás concluiu a primeira etapa com 1.616 apartamentos. O restante deve ser entregue até o final de dezembro.
A entrega no Residencial Nelson Mandela aconteceu no pátio de um dos blocos de apartamentos, próximo à Praça da Feira do Conjunto Vera Cruz II, também com as presenças do prefeito de Goiânia, Iris Rezende, que elogiou a administração Marconi Perillo; do vice-governador José Eliton, do presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Luiz Stival, dos deputados federais Giuseppi Vecci e Marcos Abrão, ex-presidente da Agehab e que iniciou a construção do Residencial que ao final terá 5 mil unidades.
A ideia da casa própria deu a Fernanda Messias uma nova perspectiva de vida. “É a minha primeira casa própria e ela representa uma esperança, uma visão diferente da vida. Eu consigo me ver mais firme, eu consigo tudo agora com os meninos. A casa me dá uma perspectiva diferente, eu sonho pra mim e pros meus filhos. Sonho em fazer uma faculdade, coisa que eu não me via fazendo, sonho comprar um carro, tanta coisa. Pra mim, a casa é um alicerce, o restante agora, só Deus sabe”, contou Fernanda emocionada e fazendo planos para o futuro.
Além dos 400 apartamentos no Residencial Nelson Mandela, na sequência o governador Marconi Perillo entregou 300 unidades habitacionais em Guapó, no Residencial Bandeira, fruto de parceria da Agência Goiana de Habitação (Agehab) com o governo federal e o município.
No residencial Nelson Mandela, os beneficiários receberam as chaves dos apartamentos, o contrato do imóvel e a autorização de mudança da Agehab. Com esses documentos em mãos, as famílias devem solicitar a ligação de energia elétrica e água. A previsão de início das mudanças das famílias é a partir desta quinta-feira (2/11).
O Ministro das Cidades, Bruno Araújo, reforçou em sua fala que as parcerias em Goiás dão certo e que mais investimentos na habitação serão anunciados em breve. “Nós tomamos uma decisão. Nós vamos anunciar mais moradias para Goiás e para o restante do país na próxima semana. Aqui em Goiás as coisas funcionam e as parcerias sempre dão certo. A prova é que o Estado cresce acima da média nacional. Daqui algumas semanas nós, inspirados no governo do Marconi Perillo, vamos entregar pelo Brasil afora cartões (Cartão Reforma) que permitem que as pessoas que já têm a sua casa mais humilde, possam fazer as melhorias habitacionais que dão mais dignidade”, finalizou o ministro.
O governador Marconi Perillo destacou a satisfação de entregar moradia a quem precisa e de forma democrática. “Estamos inaugurando os primeiros 400 apartamentos de 1600 que já estão prontos do Residencial Nelson Mandela. É uma alegria ver a felicidade de uma família que recebe a casa própria que foi sorteada democraticamente, estou muito feliz”. O presidente da Agehab, Luiz Stival, parabenizou as famílias pela realização do sonho da casa própria. “É um momento de alegria, as famílias venceram mais uma etapa e isso é o que motiva o Governo de Goiás, melhorar a vida das pessoas”, disse Stival.

O dia da mudança
A costureira Alcineide Borges, de 31 anos, não conseguiu dormir de tanta ansiedade para participar da entrega. “Eu queria vir com o caminhão de mudança hoje. Eu estou muito ansiosa para me mudar. Já consegui creche pra minha filha, na Criança Feliz, no Vera Cruz. Agora é mudar e começar vida nova. A sensação é de euforia, é uma emoção tão forte, que nem dormir essa noite eu consegui. É uma coisa de outro mundo, saber que você vai ter sua casa, sua moradia, que a minha filha vai crescer aqui, apesar de todos os problemas que eu e ela estamos enfrentando, isso aqui é um sopro pra gente”, contou a costureira.
A escrevente de cartório Veronica Leonel, de 27 anos, cuida das duas irmãs e fala da tranquilidade que a nova moradia traz. Atualmente elas moram em uma área de risco, no setor São José. “É a minha primeira casa, primeira conquista da minha vida que eu posso dizer. Eu estou muito feliz porque é a realização de um sonho, por conta de morar em área de risco, a gente sempre fica temerosa de acontecer uma enchente, alagamento. E agora eu não vou ter mais esse medo de acontecer uma tragédia igual já houve lá, a minha rua é a pior, que foi o maior desastre, na rua 4, a água chegou acima do colchão. Tudo que a gente reconstituiu foi de doação. Graças a Deus, choramos naquela época de tristeza, mas agora o choro é de alegria”.

Residencial Nelson Mandela
O Residencial Nelson Mandela fica no Conjunto Vera Cruz II, região Oeste de Goiânia. A primeira etapa, com 1.616 apartamentos, está concluída, aguardando agora os trâmites de documentação e licenças para a entrega às famílias dos 1.216 apartamentos restantes desta etapa. A construção foi realizada em áreas da Agehab com recursos do Cheque Mais Moradia, do Governo de Goiás, que aportou mais de R$ 24 milhões, em parceria com a Caixa (Fundo de Arrendamento Residencial – FAR). As unidades estão divididas em blocos de quatro andares com 16 apartamentos por bloco, quatro por andar. Os apartamentos contam com 42,9m², divididos em dois quartos, com sala, cozinha, área de serviço e banheiro. Os primeiros 400 beneficiários a se mudarem para o residencial estão distribuídos em seis condomínios, construídos em diversas áreas do bairro.

Moradias para Guapó
Moradora de Guapó, a dona de casa Taís Cibele Sales vai se mudar para o Residencial Bandeira com o marido e os três filhos. Um sonho que parecia impossível para ela. “Parece que nem é real ainda. É muita felicidade porque a gente passa tanto sufoco pagando aluguel, parece que é uma coisa que você nunca vai conseguir e isso pra gente é um sonho realizado. Acabei de vir da minha casa, é muito bonita, eu já fico planejando tudo, como vai ficar, como vou fazer. Se dependesse de comprar, a gente não teria condição, então se você pensar que é uma coisa que você tá conquistando algo que é tão difícil, é muito bom, sonho realizado mesmo”.
Em Guapó, o Governo de Goiás, por meio da Agehab, já está em fase de contratação da segunda etapa do Residencial Bandeira, com mais 186 unidades habitacionais. A construção da primeira etapa do Residencial Bandeira contou com investimentos da ordem de R$ 18,6 milhões. O Governo de Goiás, por meio do Cheque Mais Moradia, fez investimentos para completar as obras de infraestrutura do residencial. Nas parcerias estabelecidas pelo Estado com o governo federal, o município e as entidades sociais, os investimentos em moradia em Guapó giram em torno de R$ 19,5 milhões. O município já recebeu um Centro de Educação Infantil do projeto Criança Cidadã, parceria da Agehab com a OVG, além de reforma de moradias precárias de 250 famílias.

 

Últimas Notícias

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
Marcelo Piloto é extraditado do Paraguai para o Brasil
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212