Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Desemprego na zona do euro em setembro foi o mais baixo desde 2009 - Jornal Brasil em Folhas
Desemprego na zona do euro em setembro foi o mais baixo desde 2009


O desemprego na zona do euro recuou para 8,9% em setembro, o mais baixo já registrado na região desde janeiro de 2009 - anunciou o escritório de estatísticas europeu Eurostat, nesta terça-feira (31).

O índice foi melhor do que o esperado pelos analistas da empresa de serviços financeiros Factset, que previam 9,0%, o mesmo percentual de agosto.

Há um ano, em setembro de 2016, a taxa de desemprego nos países do euro ficou abaixo de 10% e, desde então, continuou retrocedendo.

Há grandes diferenças entre os países, porém. Enquanto o desemprego continua sendo baixo na Alemanha (3,6%) e em Malta (4,1%), segue em um nível muito elevado na Grécia (21%, em julho, última cifra disponível) e na Espanha (16,7%).

Os jovens com menos de 25 anos são os mais afetados, com uma taxa de desemprego de 42,8% na Grécia; 37,2%, na Espanha; e 35,7%, na Itália. Nessa mesma faixa, chega a 6,4% na Alemanha.

No conjunto da União Europeia, o desemprego foi de 7,5% em setembro, assim como em agosto. Trata-se do nível mais baixo desde novembro de 2008.

A inflação na zona euro se moderou em outubro, a 1,4% interanual, contra 1,5% de setembro.

O percentual é inferior ao esperado pelos analistas consultados pela Factset (1,5%) e continua distante de 2%, índice considerado mais favorável para a economia pelo Banco Central Europeu (BCE).

O núcleo de inflação (que exclui os preços da energia, dos alimentos, das bebidas alcoólicas e o tabaco, especialmente voláteis) foi de 0,9% em outubro frente a 1,1% em setembro.

O Produto Interno Bruto (PIB) da zona euro cresceu 0,6% no terceiro trimestre - de acordo com a primeira estimativa publicada nesta terça-feira (31) pelo escritório europeia de estatísticas Eurostat.

O número é superior às previsões dos analistas consultados pela Factset, que esperavam um aumento de 0,5%.

O crescimento nos 19 países que adotaram o euro foi de 0,7% no segundo trimestre e de 0,6% no primeiro.

No conjunto dos 28 países da União Europeia, o crescimento também foi de 0,6% no terceiro trimestre em relação ao trimestre anterior. Em cifras interanuais, foi de 2,5%.

- BCE manterá estímulo -

Na quinta-feira passada (26), o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, anunciou que a instituição decidiu conservar um alto nível de estímulo à economia da zona euro, apesar da redução do programa de compra da dívida em 2018.

Após a reunião mensal de política monetária, Draghi parabenizou a sólida e ampla expansão econômica da zona euro, acrescentando, contudo, que a inflação é frágil. Nesse sentido, um alto nível de estímulo monetário continua sendo indispensável.

No mesmo anúncio, Draghi informou que o BCE decidiu manter inalteradas suas taxas básicas de juros, insistindo em que haverá uma modificação quando for desativado seu programa de compra de ativos (QE). Como se antecipava, decidiu-se por sua redução pela metade a partir de janeiro.

A principal taxa da entidade permanece em 0%, sua taxa de empréstimo marginal em 0,25% e em -0,40% a taxa de depósito diários, afirmou o porta-voz do BCE.

 

Últimas Notícias

Bolsonaro terá uma série de reuniões na próxima semana em Brasília
Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212