Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Bloco dos Machucados desfila no Rio contra violência de agentes públicos - Jornal Brasil em Folhas
Bloco dos Machucados desfila no Rio contra violência de agentes públicos


Apelidado de Bloco dos Machucados, o 2º Ato carnavalesco em repúdio à violência diária do Estado ocupou hoje (21) a zona portuária do Rio de Janeiro contra a violência policial. Centenas de foliões saíram do Largo São Francisco da Prainha e caminharam até a Praça Mauá.

Para o saxofonista do Nada deve parecer impossível de mudar e membro do Ocupa Carnaval, Tomás Ramos, a repressão aos movimentos espontâneos de ocupação do espaço público é fruto da privatização da cidade, mercantilização do carnaval e militarização da Polícia.

Querem homogeneizar nossa folia. É por isso que continuamos na luta, ocupando as ruas para tentar mostrar que o direito à cidade é uma luta do cotidiano, que não vem de cima para baixo, disse ele. E a arte é o melhor instrumento para contestar essas questões.

Havia diferentes estandartes e cartazes e a Ala dos Machucados composta por foliões que foram agredidos pela Guarda Municipal e/ou Polícia Militar nos cortejos do carnaval.

O editor de imagens João Pedro Gila teve o braço quebrado na Praça Mauá por guardas municipais, na Praça Mauá, há cerca de duas semanas, no bloco Tecnobloco. Ele decidiu entrar com processo contra a prefeitura.

Vou ter que ficar afastado da produtora onde trabalho no mínimo dois meses, mas terei comprometimento do braço esquerdo, disse ele. Mas acho que o que solucionaria minha inquietude mesmo seria que repensassem a estrutura da Guarda Municipal, que desmilitarizassem a Polícia Militar, que a Polícia fosse mais voltada para a sociedade civil do que para a propriedade privada, disse ele a afirmar que a violência que sofreu não o intimidou a pular outros carnavais. Ano que vem vou para a rua de novo.

Ao chegar na Praça Mauá, a banda da Guarda Municipal tocava Bandeira Branca e distribuía rosas brancas. Organizado pelo Ocupa Carnaval e a Desliga dos Blocos, o bloco também criticou a privatização dos espaços públicos e a militarização da vida urbana.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212