Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Brasília sedia segunda edição do Festival Internacional de Cultura de Periferia - Jornal Brasil em Folhas
Brasília sedia segunda edição do Festival Internacional de Cultura de Periferia


Começa hoje (30) em Brasília a segunda edição do Favela Sounds, Festival Internacional de Cultura de Periferia. Nesta edição estão programados shows, oficinas e debates com temáticas referentes a processos migratórios e deslocamentos humanos, entre outros temas do universo periférico. O evento ocorrerá na área externa do Museu da República e em regiões administrativas do Distrito Federal (DF) até o próximo sábado (4).

Com uma programação formada por artistas de periferia, o Favela Sounds levará ao público quatro oficinas, quatro debates e dois bailes, com shows de grandes nomes da música de favela como: Xande de Pilares (RJ), Linn da Quebrada (SP), Beco Exu do Blues (BA), além da moçambicana Dama do Bling, o haitiano Wesli e a angolana Titica. Ao todo, 18 artistas se apresentarão durante os seis dias de festival.

Para a coordenadora geral do Favela Sound, Amanda Bittar, o festival contribui para um debate amplo sobre questões que interessam a periferia. “Além de promover um encontro da cultura periférica, o festival tem a proposta de trazer uma discussão para o centro político do país. É importante promover o debate acerca dos temas como: diferenças raciais, de gênero e a força das classes B, C e D”, explicou.

As oficinas do Favela Sounds serão realizadas no Espaço Cultural Ubuntu, no Recanto das Emas, no Jovem de Expressão, na Ceilândia e na Galeria dos Proletas, em Planaltina. O momento Papo Reto, destinado a debates com artistas da programação, contará com a participação de convidados especiais em ações coordenadas pelo antropólogo Dennis Novais.

Os bate-papos terão os temas “Transfavele-se! Música e gênero nas quebradas”, “Sons da além-mar: música e migrações”, “Bota a cara: artes e comunicação nas periferias” e “Kabo Kaki você vai longe: o feminismo das minas pretas”.

Na edição deste ano, a expectativa da coordenação do Favela Sounds é que cerca de 15 mil pessoas compareçam ao evento.

 

Últimas Notícias

Bolsonaro terá uma série de reuniões na próxima semana em Brasília
Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212