Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Dois ex-assessores de Trump são indiciados em investigação sobre Rússia - Jornal Brasil em Folhas
Dois ex-assessores de Trump são indiciados em investigação sobre Rússia


Investigadores federais que apuram interferência russa na eleição norte-americana de 2016 indiciaram nesta segunda-feira (30) Paul Manafort, ex-gerente de campanha do presidente Donald Trump, e outro ex-assessor, Rick Gates, por lavagem de dinheiro. As informações são da Reuters.

Um terceiro ex-assessor de Trump, George Papadopoulos, se declarou culpado em outubro por mentir ao FBI, segundo anúncio nesta segunda-feira.

As acusações foram uma escalada acentuada da investigação de cinco meses do conselheiro especial do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, Robert Mueller, sobre supostos esforços russos para inclinar a eleição em favor de Trump e sobre possível conluio de assessores de Trump.

Manafort, de 68 anos, é há tempos operador republicano, e Gates foram indiciados em um tribunal federal em Washington.

Ambos se declararam inocentes para uma série de incriminações em uma acusação formal de 12 crimes, indo de lavagem de dinheiro a atuação como agentes não registrados do ex-governo pró-Rússia da Ucrânia.

O tribunal colocou ambos sob prisão domiciliar. Haverá outra audiência na quinta-feira.

A investigação de Mueller e outras apurações feitas por comitês do Congresso sobre supostos esforços russos para influenciar a eleição criaram uma sombra sobre os primeiros nove meses do presidente republicano no poder.

Trump e sua campanha não foram mencionados na acusação contra a dupla. Muitas das acusações, algumas voltando para mais de uma década, têm a ver com o trabalho de Manafort para a Ucrânia, em vez da campanha de Trump.

Uma porta-voz da Casa Branca disse que o indiciamento não tem a ver com Trump ou sua campanha e que não mostrou evidências de conluio entre a campanha e a Rússia.

“Nós temos dito desde o primeiro dia que não há evidência de conluio entre Trump e Rússia, e nada na acusação de hoje muda isto”, disse a porta-voz Sarah Sanders durante entrevista coletiva.

As acusações contra Manafort podem pressioná-lo a cooperar com a investigação de Mueller sobre a Rússia, disse Renato Mariotti, ex-procurador federal em Chicago.

“Se eu fosse o advogado da defesa, eu estaria analisando cooperar”, afirmou.

Culpado

Em um desenvolvimento diretamente relacionado à campanha eleitoral de Trump de 2016, foi anunciado nesta segunda-feira que Papadopoulos, um ex-assessor de campanha se declarou culpado neste mês de fazer falsas declarações ao FBI.

O escritório de Mueller disse que Papadopoulos mentiu para agentes do FBI sobre o momento do contato entre ele e um professor em Londres que afirmou ter informações que prejudicariam a candidata democrata à Presidência Hillary Clinton.

Papadopoulos, um ex-assessor de política externa na campanha, desde então se encontrou com o governo em numerosas ocasiões para fornecer informações e responder perguntas, de acordo com um documento judicial.

 

Últimas Notícias

Sul e Sudeste se unem e formam consórcio para ações conjuntas
Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
Feiras em São Paulo oferecem oportunidades de intercâmbio no exterior
Treze de 16 docentes relataram casos de agressão na escola de Suzano

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212