Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Exército russo acusa Washington de crimes de guerra na Síria - Jornal Brasil em Folhas
Exército russo acusa Washington de crimes de guerra na Síria


O Exército russo, que intervém na Síria em apoio às forças do governo, declarou nesta sexta-feira (3) que os Estados Unidos impedem que os refugiados sírios recebam ajuda humanitária, considerando que isso pode ser considerado crime de guerra.

De acordo com o Centro Russo para a Reconciliação das Partes em Conflito, a situação humanitária é muito difícil na região de At Tanf, na fronteira entre a Jordânia e a Síria, onde está instalada uma guarnição da coalizão internacional liderada por Washington.

O mais urgente é a situação humanitária na região de At Tanf, devido aos Estados Unidos, que implantaram ilegalmente uma base militar e proíbem uma aproximação a menos de 55 quilômetros, privando dezenas de milhares de refugiados da possibilidade de receber ajuda humanitária, disse em um comunicado.

As ações do Exército americano e da chamada coalizão internacional são uma violação flagrante do direito humanitário e podem ser qualificadas como crimes de guerra, continua o comunicado.

A faixa de 55 quilômetros mencionada pelo Exército russo é, na realidade, a zona de distensão acertada com ele em torno da guarnição de At Tanf para evitar choques acidentais entre as forças russas e as americanas, afirmou o porta-voz do Pentágono, Eric Pahon.

Muitos civis que fugiram das zonas bombardeadas pelo Exército sírio encontraram abrigo nessa área, onde sabem que não serão atacados, explicou.

Informamos os russos de que estávamos dispostos a facilitar a chegada da ajuda para esses civis, mas o regime sírio impediu que esses esforços tivessem resultados, completou Pahon.

No início de outubro, o Exército russo já havia acusado Washington de fornecer apoio ao grupo extremista Estado Islâmico (EI) a partir da região de At Tanf.

De acordo com Washington, At Tanf abriga um campo usado pelas forças especiais americanas e britânicas para treinar rebeldes sírios que lutam contra o EI.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212