Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Jul de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Funcionário do Twitter desativa temporariamente conta de Trump - Jornal Brasil em Folhas
Funcionário do Twitter desativa temporariamente conta de Trump


Um funcionário do Twitter que estava em seu último dia de trabalho na empresa foi o responsável por desativar na quinta-feira a conta do presidente americano Donald Trump, que foi restabelecida em poucos minutos, anunciou a rede social.

Às 23H00 GMT (21H00 de Brasília), as pessoas que tentavam acessar a página da conta @realDonaldTrump recebiam a mensagem: Desculpe, esta página não existe.

O Twitter já havia informado que a conta de Trump havia sido desativada inadvertidamente por um funcionário da empresa.

Mais cedo, a conta @realDonaldTrump foi inadvertidamente desativada pelo erro humano de um funcionário do Twitter, indicou a empresa.

A conta permaneceu desativada por 11 minutos e desde então foi restabelecida, completou a rede social, que anunciou uma investigação interna sobre o incidente e prometeu medidas para prevenir que isto não aconteça de novo.

Pouco depois, a rede social anunciou que descobriu em sua investigação que o corte foi provocado por um funcionário do Twitter que fez isto no que foi seu último dia de trabalho.

O presidente americano tem 41,7 milhões de seguidores no Twitter, plataforma que utiliza com frequência para divulgar informações de seu interesse e fazer comentários, muitas vezes polêmicos.

Críticos do presidente elogiaram, de brincadeira, a iniciativa do funcionário. Querido funcionário do Twitter que fechou a conta de Trump: você fez os Estados Unidos se sentirem melhores por 11 minutos, escreveu o legislador democrata Ted Lieu.

O ex-congressista David Jolly disse que o responsável poderia ser um candidato ao prêmio Nobel da Paz.

Simpatizantes do mandatário republicano não acharam graça: Os liberais estavam comemorando que a conta de Trump sumiu por 15 minutos, provando mais uma vez que amam a censura e odeiam a liberdade de expressão, diz um tuíte muito compartilhado.

- Assunto sério -

Jennifer Grygiel, professora da Universidade de Syracuse que estuda as redes sociais, disse que a desativação é preocupante.

Não é um assunto para dar risada, disse.

É um assunto sério e de segurança nacional. Este incidente demonstra que o Twitter não tem instaladas as salvaguardas adequadas para as contas importantes, expressou.

É chocante que um funcionário qualquer do Twitter possa fechar a conta do presidente. E se, em vez disso, ele tivesse tuitado mensagens falsas?, tuitou Blake Hounshell, chefe de redação da revista Politico Magazine.

Sério, e se essa pessoa tivesse tuitado sobre um ataque nuclear falso contra a Coreia do Norte?, questionou.

Trump não reagiu ao incidente até 12 horas depois, com uma resposta surpreendentemente moderada.

Minha conta no Twitter foi derrubada por 11 minutos por um funcionário trapaceiro. Eu acho que a palavra deve finalmente estar se espalhando e tendo um impacto, escreveu.

A conta oficial da Casa Branca @POTUS, que tem 20,9 milhões de seguidores, aparentemente não foi afetada no incidente.

 

Últimas Notícias

IT&E apresenta pesquisa sobre "fake news", bots e desinformação nas Eleições
JK Iguatemi promove eventos de Jazz
20 anos da privatização das telecomunicações: uma visita ao passado para projetar o futuro
Comidas de inverno para pedir pelo delivery e espantar o frio
Definidos os finalistas do G1 do Brasileirão, em Uberlândia
Valor corrigido da cota do PIS/Pasep já pode ser conferido
Preço da cesta básica paulistana tem alta de 2,95% em junho
Banco Central divulga ranking de queixas a bancos no segundo trimestre

MAIS NOTICIAS

 

Relatório final da LDO pode ser entregue hoje na Comissão de Orçamento
 
 
Parecer da LDO veta renúncia fiscal, reduz custeio e congela salários
 
 
EBC suspende perfis nas redes sociais durante período eleitoral
 
 
Câmara pode votar nesta quarta projeto da Escola sem Partido
 
 
Brasil e Vietnã assinam acordos em aviação e agricultura
 
 
Toffoli cassa decisão de Moro e livra Dirceu de tornozeleira

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212