Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Chefe de gabinete de Trump chama general escravagista de homem honrado - Jornal Brasil em Folhas
Chefe de gabinete de Trump chama general escravagista de homem honrado


O chefe de gabinete da Casa Branca, general John Kelly, provocou uma onda de críticas depois de chamar o general escravagista Robert E. Lee de homem honrado e estimar que a guerra civil americana foi causada por uma incapacidade de alcançar compromissos.

Eu diria que Robert E. Lee foi um homem honrado. Foi um homem que desistiu de seu país para lutar por seu estado, algo que há 150 anos era mais importante do que o país, disse Kelly na segunda-feira à noite na Fox News, ao falar sobre o comandante do exército sulista que defendia a escravidão.

A incapacidade de alcançar compromissos levou à guerra civil, e homens e mulheres de boa-fé de ambos os lados tomaram posição do lado onde sua consciência lhes dizia que deveriam fazê-lo, acrescentou o general reformado, que em julho se tornou chefe de Gabinete da Casa Branca.

Hoje considerado o colaborador mais próximo do presidente Donald Trump, o general Kelly foi questionado sobre a polêmica que surgiu nos últimos meses nos Estados Unidos em torno de monumentos e estátuas confederados, considerados por muitos cidadãos como uma celebração de um passado racista.

Trump defendeu esses monumentos em agosto, quando disse: É triste ver a história e a cultura do nosso grande país sendo quebrada com a remoção de nossas belas estátuas.

As palavras de Kelly geraram inúmeras reações, principalmente de reprovação ao general por considerar que era possível chegar a um acordo sobre um assunto como a escravidão.

É irresponsável e perigoso, especialmente quando os supremacistas brancos se sentem encorajados, fazer que a luta para manter a escravidão pareça corajosa, disse Bernice King, filha de Martin Luther King, no Twitter.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212