Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 BNP Paribas vence leilão e vai emprestar R$ 2,9 bilhões para governo do Rio - Jornal Brasil em Folhas
BNP Paribas vence leilão e vai emprestar R$ 2,9 bilhões para governo do Rio


O banco BNP Paribas foi o vencedor do leilão para emprestar R$ 2,9 bilhões ao governo fluminense, que ofereceu como garantia até 50% das ações da Companhia de Águas e Esgoto do Rio de Janeiro (Cedae). O empréstimo é uma antecipação de receita da privatização da Cedae e faz parte do plano de recuperação firmado pelo estado com o governo federal. Com esse dinheiro, o Rio pretende colocar em dia os salários atrasados dos servidores.

O BNP Paribas foi o único a apresentar lance e atendeu a todas as credenciais exigidas. O banco propôs um taxa de juros do Certificado de Depósito Interbancário (CDI), taxa cobrada em transferência entre bancos, de 145,7626%. A presidente da comissão do pregão, Melina Moreira Amato, perguntou se o banco poderia reduzir a proposta, porém a instituição não aceitou. Conforme determina o edital, o custo do empréstimo será pago pelo governo do estado depois de três anos

O leilão foi realizado no auditório anexo do Palácio Guanabara, sede do governo do estado, em Laranjeiras, na zona sul do Rio.

Logo no início da sessão, representantes de servidores apresentaram documentos pedindo participação e tentando impedir a sessão, como um grupo da Cooperativa dos Trabalhadores da Cedae. Durante o leilão, houve manifestação de funcionários da companhia.
Rio de Janeiro - Durante o leilão, houve manifestação de funcionários da companhia (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Trabalhadores da Companhia Estadual de Águas e Esgotos protestam em frente ao Palácio Guanabara contra leilão

O leilão estava marcado para o dia 24, mas foi adiado duas vezes. A primeira vez para o dia 27 por causa de alterações técnicas no edital. Depois, foi suspenso por uma liminar, que foi derrubada ontem (31) pelo presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), André Fontes, após atender recurso da Procuradoria-Geral do Estado e permitiu a realização do leilão nesta quarta-feira.

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212