Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 BNP Paribas vence leilão e vai emprestar R$ 2,9 bilhões para governo do Rio - Jornal Brasil em Folhas
BNP Paribas vence leilão e vai emprestar R$ 2,9 bilhões para governo do Rio


O banco BNP Paribas foi o vencedor do leilão para emprestar R$ 2,9 bilhões ao governo fluminense, que ofereceu como garantia até 50% das ações da Companhia de Águas e Esgoto do Rio de Janeiro (Cedae). O empréstimo é uma antecipação de receita da privatização da Cedae e faz parte do plano de recuperação firmado pelo estado com o governo federal. Com esse dinheiro, o Rio pretende colocar em dia os salários atrasados dos servidores.

O BNP Paribas foi o único a apresentar lance e atendeu a todas as credenciais exigidas. O banco propôs um taxa de juros do Certificado de Depósito Interbancário (CDI), taxa cobrada em transferência entre bancos, de 145,7626%. A presidente da comissão do pregão, Melina Moreira Amato, perguntou se o banco poderia reduzir a proposta, porém a instituição não aceitou. Conforme determina o edital, o custo do empréstimo será pago pelo governo do estado depois de três anos

O leilão foi realizado no auditório anexo do Palácio Guanabara, sede do governo do estado, em Laranjeiras, na zona sul do Rio.

Logo no início da sessão, representantes de servidores apresentaram documentos pedindo participação e tentando impedir a sessão, como um grupo da Cooperativa dos Trabalhadores da Cedae. Durante o leilão, houve manifestação de funcionários da companhia.
Rio de Janeiro - Durante o leilão, houve manifestação de funcionários da companhia (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Trabalhadores da Companhia Estadual de Águas e Esgotos protestam em frente ao Palácio Guanabara contra leilão

O leilão estava marcado para o dia 24, mas foi adiado duas vezes. A primeira vez para o dia 27 por causa de alterações técnicas no edital. Depois, foi suspenso por uma liminar, que foi derrubada ontem (31) pelo presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), André Fontes, após atender recurso da Procuradoria-Geral do Estado e permitiu a realização do leilão nesta quarta-feira.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212