Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Governo anuncia normalização do ano letivo na rede estadual - Jornal Brasil em Folhas
Governo anuncia normalização do ano letivo na rede estadual


O Governo de Goiás informou o fim da ocupação das escolas estaduais tomadas por manifestantes contrários ao programa de gestão escolar compartilhada com Organizações Sociais (OS) e a normalização do ano letivo nessas 28 escolas. “A desocupação dos colégios estaduais Instituto de Educação de Goiás (Goiânia) e Américo Borges de Carvalho (Anápolis), na sexta-feira, dia 19, encerra o processo de ocupação de escolas e restabelece a normalidade total do ano letivo da Educação”, afirma a nota.

As secretarias de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) e de Gestão e Planejamento (Segplan) vão apresentar levantamento completo dos danos contra o patrimônio registrados durante as ocupações “para apuração e responsabilização de quem de direito”. Os manifestantes ainda ocupam o Colégio Estadual José Carlos de Almeida, no Centro, mas a invasão não compromete o calendário letivo de 2016 porque a escola está sem aulas desde 2014, por falta de demanda de vagas, segundo o Governo do Estado.

As outras 28 escolas de Goiânia, Anápolis, Aparecida de Goiânia, cidade de Goiás e São Luis de Montes Belos que foram tomadas pelos manifestantes já foram desocupadas. A devolução das unidades é resultado da manifestação contrária de pais e alunos contra as invasões e das liminares de reintegração concedidas pelo Poder Judiciário a pedido do Governo de Goiás, através da Procuradoria Geral do Estado (PGE), para todos os colégios. A decisão judicial se estende ao José Carlos de Almeida e os ocupantes já foram oficialmente notificados de que terão de deixar o prédio, sob a pena de pagamento de multa diária de R$ 50 mil.

Compromisso de manter aberto o diálogo

Na nota, o Governo de Goiás reafirmou o compromisso de manter aberto o diálogo com os segmentos com posições divergentes sobre o programa de gestão escolar compartilhada. “O Governo de Goiás reafirma que se mantém aberto ao diálogo para que, juntos – poder público, sociedade e comunidade escolar – possamos melhorar ainda mais a qualidade da Educação de nossos cidadãos”, observa o comunicado.

“Com o programa de gestão compartilhada”, atesta ainda a nota, “o Governo de Goiás vai avançar ainda mais no aperfeiçoamento da infraestrutura das escolas, para que a Secretaria de Educação, Cultura e Esporte promova um novo salto qualitativo no ensino-aprendizagem”. O comunicado, distribuído para os veículos de comunicação, afirma ainda que, “conforme afirmado desde o início, essas escolas se manterão públicas e gratuitas, sem a cobrança de matrículas ou quaisquer taxas; os professores serão mantidos e valorizados; e a gestão escolar continuará sendo discutida e promovida em conjunto com a comunidade”.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212